Qual a importância do pós venda? Torne esse aspecto o seu diferencial

Qual a importância do pós venda? Torne esse aspecto o seu diferencial

By 16 de agosto de 2018Blog, Marketing

Qual a importância do pós venda na sua empresa?

Muitas e muitas e muitas empresas concentram todos os seus esforços no momento da venda de seu produto e/ou serviço. Ligam, fazem quantas reuniões forem necessárias, mandam e-mails, apresentações, bonificações e por aí vai.

Venda finalmente fechada, produto entregue, serviço prestado e se faz o que depois disso tudo? Vira apenas mais um cadastro no sistema? Se você identificou esses aspectos em seu negócio está na hora de rever seus conceitos.

É tão inestimável quando somos bem tratados mesmo depois da compra realizada, vemos que realmente querem nos ajudar e não somente vender. É sabido que o Pós Venda é de grande importância para o sucesso de uma empresa, pois além de ter um retorno um tanto quanto positivo  na venda de novos produtos e/ou serviços, fideliza clientes.

Uma dica que eu dou: não enxergue cifrões ($$) em seu cliente, veja o problema e seja a solução, veja o desejo e seja a alternativa, veja o interesse e seja o escolhido, feche o negócio e mantenha contato.

Você já parou pra pensar que é mais fácil fechar uma venda com quem já conhece sua empresa? É como se fosse um novo cliente com probabilidades maiores de comprar com você, principalmente se você não esqueceu ele, se manteve contato, se deu atenção, se mostrou interesse em ajudá-lo.

O cliente nem sempre compra ou contrata quem oferece o melhor preço, são vários fatores que o levam a bater o martelo à determinada opção: custo-benefício, indicação, bom atendimento, identificação e solução do problema de forma imediata, entre outras tantas.

Então se você investe num bom atendimento, tem um preço competitivo, presta um bom serviço ou tem um bom produto, abra vantagem e faça um pós venda de sucesso.

Já aconteceu comigo, já aconteceu com você e acontece com muitas pessoas a seguinte situação: contratei uma empresa para instalar um sistema de gestão de clientes na minha empresa.

A mesma fez toda a implantação, treinamento e tirou todas as minhas dúvidas. Porém, no decorrer dos dias, conforme a utilização, fui tendo dificuldades, mas por preguiça de ligar fui fazendo da forma que achava correto e ao mesmo tempo reclamando para meus colegas de que o programa implantado era ruim.

Imagine agora que eu sou o cliente e você a contratante. Já pensou se você tivesse se importado comigo e com o bom funcionamento do seu sistema dentro do meu negócio e me contatasse afim de ter um feedback e oferecer ajuda em caso de dificuldades? Logo eu pensaria “adivinhou meu problema” e não teceria comentários ruins sobre o sistema, sua organização e tudo mais, porque você teve o cuidado de me ligar e com um simples gesto resolveu meu problema.

Você pode ter um bom número de clientes entrando, mas já parou para analisar o nível de satisfação e a quantidade dos que dispensam sua empresa? É bem simples:

se coloque no lugar de seu cliente e o trate como você gostaria de ser tratado. Faça isso por um mês, veja os feedback tanto positivos quanto negativos e a partir daí monte um plano de negócio para eliminar erros e valorizar os acertos.

Leave a Reply