Arquivos Blog - CRM7 - Zoho Partner Brasil
Category

Blog

Gestão de Processos x Gestão de Projetos

By | Blog, CRM, E-mail Marketing, Integração, Zoho | No Comments

Os processos e projetos são ações que constroem a rotina e o funcionamento da organização. Eles dão sustentação ao trabalho e o propósito da equipe, independentemente do ramo ou do porte da empresa.

Você sabe a diferença entre gestão de projetos e processos, seus conceitos e qual a relação entre eles? Neste artigo, vamos te explicar o conceito de cada um, apontando características individuais e dando dicas de gerenciamento.

Gestão de Projetos e Processos

Embora os dois conceitos sejam comumente confundidos e estejam diretamente interligados, eles apresentam algumas diferenças. Os projetos e os processos (também chamados de operações) diferem, principalmente, no fato de que os projetos são temporários e exclusivos, enquanto os processos são contínuos e repetitivos.

O conceito de gestão de processos envolve uma sequência de atividades rotineiras que, juntas, compõem a maneira pela qual a empresa funciona. São ações repetitivas e padronizadas que acarretam sempre em um mesmo resultado, com o objetivo de produzir um produto ou um serviço para um cliente ou mercado específico, que será reproduzido sistematicamente.

  • São características de um processo:
  • Ser um trabalho contínuo e rotineiro;
  • Gerar resultados constantes e padronizados;
  • Ser permanente e replicável;
  • Corresponder à forma pela qual a organização trabalha;
  • Agregar valor às entregas para clientes.

Já um projeto se dá por um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado exclusivo.

Ou seja, um projeto é construído com o intuito de melhorar um processo ou criar resultados únicos, ao contrário dos processos.

São características de um projeto:

  • Ser temporário e único;
  • Possuir início, meio e fim;
  • Romper com o “status quo” dos processos;
  • Gerar um resultado único, como um produto ou uma melhoria em processos;
  • Ter sua elaboração progressiva;
  • Estar conectado a um ou mais processos da organização;
  • Possuir um escopo e recursos definidos.

 

Como pode-se perceber, tradicionalmente na gestão por processos, o papel do planejamento é de apenas 10% dos esforços empresariais, ficando as outras funções (principalmente a execução), com 90% dos esforços.

Quando passamos para a nova realidade, da gestão de projetos, a lógica é inversa.

Agora a ideia é que os esforços de planejamento passem a representar 90%, procurando prever os resultados o máximo o possível antes de investir, e deixando os esforços de execução com apenas 10%.

 

Sales & Marketing: ZOHO + CRM7, uma parceria de sucesso

By | Blog, CRM, Integração, Zoho, Zoho Desk, Zoho Marketplace, Zoho Sales IQ | No Comments

A Zoho Corp criou no ano de 2005 um CRM.

Inicialmente era um sistema apenas para cadastro de clientes que com o passar dos anos foi se aperfeiçoando, sendo hoje um completo portal de vendas e campanhas de marketing atrelado ao inovador Sales & Marketing.

Hoje não cadastramos apenas leads manualmente, como também recebemos cadastros através da interligação do CRM com canais de vendas e redes sociais (site, instagram, facebook, google, entre outros).

Tudo isso de forma automatizada. Já imaginou, saber em tempo real quantos visitantes seu site está tendo, em qual página ele está navegando e transformá-lo em um lead cadastrado dentro do seu CRM?

Também é possível por meio de gatilhos, cadastrar leads vindos das Redes Sociais. Para todos esses cadastros, você pode ainda criar uma campanha de disparo de e-mail marketing, por exemplo, filtrando pelo que desejar (cidade, região, produto de interesse, etc) e ter todo o histórico de conversa registrado dentro de seu CRM.

A partir do momento em que a negociação prossegue, você converte o lead em Contato (Pessoa Física) e Conta (Pessoa jurídica) e cria então um “Negócio”, que seria a negociação informal, inserindo os valores combinados entre outras informações. Dentro desta interface Negócio podem ser formalizadas propostas que podem ser enviadas para o e-mail do contato. Dentro das propostas, há um gráfico mostrando a situação em que ela se encontra (em análise, aguardando retorno, aprovada, negada, etc). Após ser aprovada, a proposta vira uma Ordem de Venda e posteriormente uma Fatura.

Todo esse fluxo de processo, desde o contato do cliente até o fechamento da venda ou contrato será registrado dentro do CRM para histórico e consulta e possíveis campanhas de marketing, caso seja necessário.

Você pode cadastrar todos os seus produtos e/ou serviços de venda e seus respectivos preços. Porém isso não impede que o mesmo altere de preço de acordo com a negociação de cada cliente em potencial.

O CRM vem com campos padrões, mas é totalmente modular, podendo ser adaptado de acordo com suas necessidades. Você pode escolher quais campos quer manter em cada módulo, bem como quais são obrigatórios ou não.

Dentre outras funcionalidades, o Zoho CRM possui relatórios muito bem estruturados, que ajudam a planejar o dia a dia no setor de vendas, mostrando as prioridades, clientes que precisam ser contatados e também pós-vendas.

A integração entre Zoho CRM e Sales & Marketing veio para facilitar e automatizar a captação de leads, sabendo quais são seus interesses bem como poder ofertar outros produtos ou serviços que a empresa trabalha.

Uma empresa que possui uma base de dados sólida, aumenta suas chances de venda. Uma empresa que conhece seu cliente, fecha mais negócios. Uma empresa que utiliza de um sistema para gerenciar suas vendas, está à frente de seus concorrentes.

Não fique para trás. Busque, conheça, transforme sua empresa e ganhe muito dinheiro. Às vezes seu diferencial não é só o seu produto ou serviço e sim o quão bem você administra e gerencia, investindo em soluções inteligente.

O que é um CRM?

By | Blog, CRM, Integração, Zoho, Zoho CRM | No Comments

A sua empresa é da época que anota as informações do cliente num rascunho que está sobre a mesa? Ou então numa planilha de excel?

 

Uma das principais dificuldades para uma empresa é administrar a sua carteira de clientes. Às vezes, perde-se mais tempo tentando organizar todas as informações do processo de vendas do que fazendo o que mais importa para qualquer negócio: conquistar mais clientes! Seria perfeito se existisse um sistema para otimizar o tempo e facilitar o manuseio dos dados em cada etapa do processo de venda, não é mesmo? Então, comemore!

Essa solução já existe e tem nome: CRM.

Muitos ainda não sabem o que é e para que serve um CRM. Então segue aqui alguns conceitos básicos para iniciarmos nossa conversa.

CRM da sigla inglês, significa Customer Relantionship Management, um termo usado para o gerenciamento do relacionamento com o cliente ou ainda um sistema integrado de gestão com foco no cliente, que reúne vários processos\tarefas de uma forma organizada e integrada.

E então você me pergunta: E o que minha empresa tem a ver com tudo isso? Eu respondo: Tudo!

Vamos lá, vou exemplificar na prática. 

Visualize seu funcionário recebendo uma ligação de um possível cliente a comprar seu produto ou contratar seu serviço. A pessoa se identifica e explana a sua necessidade.

Penso que o primeiro passo seria captar as informações básicas como nome, telefone e e-mail, por exemplo. Suponhamos que esse lead (caso não conheça este termo o mesmo refere-se à uma oportunidade de negócio) está em busca de um produto que no momento está em falta na sua empresa e que chegará em cinco dias.

Então ele pede a gentileza de avisá-lo assim que o mesmo chegar. O que você faria hoje? Anotaria na sua agenda no dia em questão para retornar ao cliente? É uma opção, claro.

Porém você corre o risco de esquecer dessa tarefa. Agora pensa comigo, com um CRM você poderia cadastrar esse lead e seus devidos dados, enviar uma apresentação ou catálogo da sua empresa, criar uma tarefa para lembrá-lo e ainda ter em sua base de dados para enviar promoções, novidades, etc.

Caso esse cliente compre seu produto ou contrate seu serviço, você terá todo esse processo de vendas registrado para futuros dados como produtos mais vendidos, tempo de venda, estimativa de compras em cima de vendas, entre outras informações relevantes para que possa traçar metas e definir processos internos.

Agora imagine que você criou uma promoção para anunciar um novo produto que chegou na sua empresa. Além de divulgar no instagram, facebook e site, você tem um mailing list de clientes que já compraram e de leads, podendo atingir pessoas em específico aumentando a chance de vendas e fidelização do seu novo produto.

Vamos a um terceiro exemplo. Idealize em seu negócio uma automação de processos de vendas. Um CRM pode te proporcionar todas as etapas de vendas de forma rápida, eficaz e padronizada. Você pode ter toda a negociação, seja a mesma por e-mail, telefone ou física, em um só lugar. Desde o momento que o lead entra em contato até quando ele efetiva a compra ou contratação da sua empresa.

E o mais importante, tudo em um único lugar, sem informações espalhadas, onde qualquer um pode acessar e dar continuidade a negociação.

Os benefícios de um sistema de gestão de clientes são inúmeros. Vem com a gente descobrir outras aplicações e otimizações para sua gestão de resultados.

História da Zoho Corp

By | Blog, CRM, Zoho, Zoho CRM | No Comments

Hoje queremos contar a história por trás da Zoho Corp.

Em 1996, o empresário indiano Sridhar Vembu fundou em Pleasaton (EUA), a AdventNet, empresa mãe da Zoho, focada na administração de redes.

Ao longo dos anos, a empresa, que desde o início desenvolve seu software em Chennai, começa a concentrar os seus esforços no desenvolvimento de aplicações em nuvem, customizáveis ​​e adaptáveis ​​por desenvolvimentos em qualquer tipo e tamanho da empresa.

Em 2005, anuncia o lançamento do Zoho Writer, originado do atual Zoho Docs e seu best-seller, Zoho CRM.

Naquela época, ele já havia rejeitado um de capital de 200 milhões de dólares para manter sua independência e é isso, Zoho é especial e tem um jeito especial de fazer negócios. Ele sabe que o mundo do software é extremamente competitivo e sabe que é difícil reter talentos, então ele tenta criar vínculos com seus funcionários. Oferece bolsas de estudo para estudantes sem recursos do ensino médio para estudar na Universidade de Zoho.

Ano após ano, a empresa continua lançando diferentes aplicações no mercado para completar uma coleção com mais de 30 aplicativos distribuídos em 6 áreas:

– Marketing e vendas Zoho Design

– E-mail, comunicação e colaboração.

– Processo empresarial

– Finanças

– Atendimento ao cliente

– Recursos humanos.

Os valores da Zoho

Colocar a atenção no que importa.

A Zoho investe mais em desenvolvimento de produtos e suporte ao cliente do que em vendas e marketing. Ao não investir grandes somas em publicidade, mantém uma política de preços acessível a qualquer cliente, concentrando-se no desenvolvimento e melhoria dos seus produtos.

Privado e lucrativo

A Zoho é uma empresa privada, que manteve sua independência, apesar das tentativas de múltiplos investidores em controlá-la. É rentável e conta com cerca de 3.500 funcionários, dos quais cerca de 15% vêm de sua própria universidade.

Crescimento sustentável

A suíte da Zoho cresce. Ela irá adicionar aplicações para atender às diferentes necessidades de seus usuários, mas não vão comprar outras empresas, vão criar o seu próprio software, a sua própria solução com os seus próprios valores.

Em 2015, a empresa atingiu 15 milhões de usuários, número que continua crescendo.

Uma curiosidade: o nome Zoho é um acrônimo para Small Office Home Office.

Ficou interessado em conhecer os produtos Zoho?

Veja outras matérias do nosso blog e nos chame para uma conversa. Podemos trazer um custo benefício para a sua empresa e transformar seus negócios.

 

A importância de um setor comercial estruturado

By | Blog, CRM, E-mail Marketing | No Comments

Vender, seja produto ou serviço, é lidar com um dos bens mais valiosos de seu cliente: dinheiro. Quando se trata deste assunto e do bom investimento do mesmo, entramos em um assunto delicado. Podemos avaliar por nós mesmos, quando o produto comprado ou o serviço prestado não atende as nossa expectativas, vamos em busca de ressarcimento ou de alguma forma que faça nosso dinheiro valer a pena. Inclusive há uma pesquisa que data que um cliente satisfeito propaga para mais três pessoas sua satisfação, enquanto o insatisfeito para mais onze (clique aqui e veja o artigo) .

Uma empresa de sucesso, além de uma boa administração, deve-se ter um setor comercial bem estruturado e integrado, visto que é ele quem sustentará a operação.

Você já ouviu o ditado: “a primeira impressão é a que fica”? Pois bem, você já parou para analisar qual é a primeira impressão do seu cliente em relação a sua empresa? Já avaliou se o processo comercial está sendo executado da melhor forma possível? Sabemos que processo não tem nem nunca terá fim, sempre haverão mudanças. Hoje pode funcionar de uma maneira e daqui a dois meses, por exemplo, sofrer alterações. E um dos fatores de triunfo de um negócio é a capacidade de se adequar às mudanças.

Você pode estar pensando agora: mas por onde começo a organizar tudo isso? Então agora segue um passo a passo de como você pode iniciar isso em sua empresa.

Lembrando que está destinado à qualquer tipo de negócio e de qualquer tamanho. Let’s do it:

  • Em primeiro lugar, e de grande importância, reúna as pessoas chaves para este estudo. Nem sempre será apenas o diretor comercial, visto que as funções dele são diferentes de quem realmente está operacionalmente atendendo seu cliente;
  • Interrogue o máximo de pessoas possível: muitas vezes os outros setores também podem contribuir para uma boa estruturação do setor comercial. Quanto mais base de dados, quanto mais informações, mais fácil será traçar procedimentos eficazes e que melhor se adequem ao seu negócio;
  • Identifique os pontos a serem mudados e em conjunto com sua equipe jogue na mesa soluções para que exista um debate e então a escolha da que melhor se enquadra nos resultados almejados;
  • Padronize os processos: Evite reclamações do tipo: “ah mas o fulano me falou diferente” ou então “não foi esta a informação que me passaram”;
  • Treine sua equipe: uma equipe bem treinada e que sabe do que fala passa a impressão de seriedade e segurança, inspirando confiança nos atuais e potenciais clientes;
  • De tempos em tempos, que você mesmo pode determinar, ou quando preciso for, recomece do primeiro passo e veja se há a necessidade de adequações dos processos.
  • Avalie resultados: reuniões periódicos e análise de métricas e resultados são imprescindíveis para adequação de estratégias, equipe e metas.

 

Uma dica importante: durante este estudo, pense fora da caixa! Escolha alternativas que automatizam seus procedimentos. Ganhando tempo você ganha dinheiro. Não seja engessado! Um erro muito comum é postergar tarefas. Não deixe para amanhã o que você podia ter feito ontem. Comece, mude, transforme, invista e depois vem contar pra gente os resultados.

 

Dicas matadoras para Campanhas de Email Marketing

By | Blog | No Comments

E-mail, eis a fórmula secreta do marketing 3.0 na hora de nutrir um lead. Com a revolução da era digital, o e-mail é um meio de comunicação não apenas corporativo, mas sim, uma forma em que empresas utilizam para se comunicar com seu consumidor mais formalmente.

Você sabia que a primeira compra na internet foi feita via email, pela Pizza Hut? Sim, isso mesmo, o primeiro pedido registrado na história foi o pedido de uma Pizza de Peperone, isso no ano de 1994 na cidade de Santa Cruz, Califórnia. Hoje não é muito diferente, todos os pedidos que você faz em um e-commerce, por exemplo, seu pedido é confirmado via email e logo em seguida você recebe promoções desta empresa.

Como uma maneira de informar seus clientes, seja uma promoção ou não, o email marketing gera muito retorno em uma estratégia bem definida. Para isso você precisa de ferramentas de uma lista de e-mail segmentada e mais importante, e que sua lista esteja 100% ciente que aderiu ela.

Muito cuidado ao comprar listas de e-mail para disparo de campanhas, isso pode parecer interessante, mas se seus subscritores abrirem seu e-mail e começarem excluir, seu domínio pode cair em Blacklist.

 

Entenda seus relatórios

Após o disparo de cada campanha de e-mail marketing, é sempre muito importante mensurar as taxas de entrega, que mantendo em 95% seria o ideal. A taxa de abertura acima de 20% pode ser entendida como muito bom, entre 10% e 20% é bom, entre 6% e 10% é considerado normal e abaixo de 6% começa-se a ter um desempenho fraco.

Em geral, uma taxa de cliques acima de 3% é considerada boa e abaixo de 1% seria um desempenho ruim.

A matadora e sim, a tão esperada, taxa de conversão destes e-mails, acima de 20% é considerada muito boa.

Com esses relatórios, é bem interessante a criação de campanhas de inbound marketing, criando máquinas de vendas, ou uma nutrição de leads por ação do usuário, como por exemplo: O cliente da sua lista abriu o email e não clicou, você dispara um email x, caso ele clicou, ele recebe o e-mail Y e assim por diante.

Para essas funcionalidades, você tem o Zoho Campaings, que é um software com tecnologia em nível mundial e que pode ser integrado ao seu CRM, caso você utilize. No caso de você já utilizar o Zoho CRM, pode ser integrado toda sua lista de leads e sincronizado ao Campaings para disparos de campanhas segmentadas.

Cadastre-se hoje mesmo o Zoho Campaings

 

Destaque do cliente: Zoho SalesIQ torna as soluções intuitivas mais intuitivas!

By | Blog, Zoho Sales IQ | No Comments
A empresa de tecnologia da informação baseada em Chicago, Intuitive Solutions, coloca o envolvimento de visitantes do seu site em tempo real a um preço premium. Como diz o fundador e CEO Teyyab Yunnus, “queríamos fazer mais do que apenas conversar ao vivo com o cliente – queríamos nos envolver com o cliente. A Zoho SalesIQ converteu nossa análise de sites em inteligência acionável e começamos a fechar negócios on-line, a partir do primeiro dia de implementação ”Em essência, ele queria criar uma experiência para um cliente que estivesse visitando seu website, o que garantiria que cada potencial lead recebesse atenção personalizada e fosse nutrido em um cliente.

Assista abaixo para ver como a Intuitive Solutions usa o Zoho SalesIQ para fornecer uma experiência positiva e envolvente para prospects.

https://youtu.be/Mmdw1fH7OXA

 

Fonte: zoho.com

Anunciando a Zoho SalesIQ – plataforma de inteligência de vendas em tempo real com integração estreita do Zoho CRM.

By | Blog, Zoho Sales IQ | No Comments
Você administra uma loja de roupas. Há um visitante que entrou depois de ver seu anúncio semanal. Ela anda de um lado para o outro no corredor “ao ar livre”, mas parece que não consegue encontrar o que quer.

Nesse ponto, você educadamente entra em cena e conversa com ela. Acontece que ela está apenas procurando por um moletom. Você a leva para o corredor ‘Roupas de inverno e térmicas’ e mostra algumas opções. Ela está emocionada e escolhe um deles. Vocês dois estão felizes.

E se você pudesse ter conversas em tempo real com seu website e visitantes de lojas on-line? Não havia como você fazer aquela “conversa educada” com um visitante até agora.

O Zoho SalesIQ é uma plataforma de inteligência de vendas em tempo real que oferece a você o contexto e os recursos para ter interações significativas com seus visitantes e possíveis clientes. Ele também se integra perfeitamente ao Zoho  CRM Abaixo estão alguns recursos interessantes do Zoho SalesIQ:

1) Zoho SalesIQ ‘Anéis’: Agrupamento inteligente de visitantes do website.

Anéis Zoho SalesIQ

Fonte: zoho.com

Diferentes tipos de pessoas conferem seu site. Muito mais frequente do que não, todos eles não expressam o mesmo nível de interesse. Alguns apenas casualmente vão verificar o seu site. Alguns vão um pouco mais fundo e passam mais tempo. Um punhado daqueles procura informações específicas, como depoimentos ou um cupom específico.

O Zoho SalesIQ ajuda você a segmentar esses visitantes com base em seus níveis de interesse. Depois de fazer isso, você pode priorizar e gastar mais tempo com os visitantes que precisam mais de sua atenção.

Você pode organizar visitantes em anéis concêntricos com base em critérios como sua localização, a página de destino que eles acabaram de visitar, o tempo gasto na página ou 20 outras regras com base em suas atividades.

Você também pode trazer o poder do Zoho  CRM  para o Zoho  SaleIQ . Os visitantes do site também podem ser agrupados com base no lead, contato e dados potenciais disponíveis no Zoho  CRM . Você pode até ser notificado no Zoho CRM  quando um prospect entrar em contato  com seu site. 
2) Envolva-se proativamente com os visitantes do site.

Zoho SalesIQ se envolve com visitantes do site

Fonte: zoho.com

Quando os visitantes gastam mais do que, digamos, 5 minutos na página de preços ou em uma página de detalhes do produto, é muito provável que eles possam querer alguma ajuda. Eles podem ter perguntas específicas ou talvez estejam procurando um desconto. Estas são boas oportunidades para intervir e conquistar seu respeito.

O Zoho SalesIQ permite que você escolha prospects e conecte-se proativamente a eles. Um feed em tempo real mostra como um visitante está navegando pelo seu website. Tenha uma conversa rica em contexto com eles e agregue valor à visita deles.

3) gatilhos inteligentes:  Carregue no turbo o seu envolvimento do visitante.

Zoho_SalesIQ_Intelligent_triggers

Fonte: zoho.com

A capacidade de se envolver com prospects nas páginas de tomada de decisão do seu site é a chave para fechar negócios mais rapidamente.

O Zoho SalesIQ automatiza o processo de conexão com leads de alto potencial. Você pode escolher critérios específicos que indiquem o interesse de seus clientes potenciais. Então você pode se conectar com essas pessoas automaticamente. Um exemplo seria pessoas dos EUA e do Canadá que passam mais de dois minutos na sua página de preços.

Da mesma forma, você pode configurar os acionadores com base na página de destino do visitante, no número de visitas, no conteúdo da campanha ou em mais de 20 regras com base na atividade do visitante do site.

 Você também pode configurar esses gatilhos inteligentes com base nos dados disponíveis nos módulos ‘Leads’, ‘Contactos’ e ‘Potenciais’ no Zoho  CRM . O aplicativo conecta-se automaticamente aos visitantes apropriados, coleta o contexto inicial e os encaminha de volta à sua equipe para uma conversa. Tudo o que você precisa fazer é focar nos relacionamentos.

Estes são apenas três dos vários recursos interessantes sobre o Zoho SalesIQ. Quer aprender mais sobre esses recursos? inscreva-se no nosso  webinar GRATUITO .

 

Fonte: zoho.com

Carrossel de fotos: apresentando carrossel de imagens de banner

By | Blog, Zoho Sites | No Comments

Imagens são o mais extravagante de todos os elementos em um site. Hoje, estamos anunciando uma ótima nova maneira de aproveitar ao máximo suas imagens. Um banner de um site recebe mais exposição, e quando tem animação, aumenta a atração. Isso pode ser extremamente útil quando você anuncia algum evento que está hospedando, arrecada fundos para uma causa ou destaca seus pontos de venda exclusivos.

Outra vantagem que estamos introduzindo são os banners específicos da página. Você pode ter diferentes configurações de banner para cada página, para que cada página pareça única.

Temos perto de 20 efeitos para lhe dar uma ampla escolha de transições. Elimina a necessidade de JavaScript e outras tecnologias envolvidas na implementação dessas animações. Nem todo mundo fala JavaScript. Toda a prova de um pudim está no ato de comer. Experimente agora.

 

Fonte: zoho.com

7 métricas do site que você não está acompanhando, mas que devem ser

By | Blog, Zoho Sales IQ | No Comments

Com mais de um bilhão de websites esperados até meados de 2016, atrair visitantes para o seu site é tão importante quanto tão difícil quanto sempre. Basta ter um site não é mais suficiente. Os donos de empresas agora têm que medir e analisar uma série de métricas cruciais para melhorar suas estratégias, permanecer relevantes com seu público-alvo e disputar a atenção dos três bilhões de usuários da Internet.

É hora de começar a ouvir as estatísticas do seu site para que você possa atrair constantemente visitantes novos e recorrentes. Aqui estão sete métricas que você precisa para começar a rastrear imediatamente: 

1. Tráfego: quantas pessoas visitam seu site todos os dias? O acompanhamento dessa estatística informa imediatamente se seu website está tendo sucesso, falhando ou estagnado. O tráfego total é composto de visitantes únicos (novos) e repetidos. Um grande número de visitantes únicos indica boa visibilidade, enquanto mais visitantes repetidos significam que você tem um conteúdo atraente .

Idealmente, esses dois números devem crescer simultaneamente. Toda vez que você realiza uma campanha ou uma iniciativa de marketing, o pico de visitantes únicos informa o desempenho da campanha. No entanto, se você não tiver um aumento nos visitantes repetidos, talvez seja necessário refazer o conteúdo e o design do site para criar uma base de visitantes leal.

2. Fonte de tráfego: é importante saber de onde vêm seus visitantes. Normalmente, existem quatro fontes:

a) Pesquisa orgânica: visitantes que chegam ao seu site através dos motores de busca. A probabilidade de converter esses visitantes em clientes é alta porque eles acessaram seu site depois de pesquisar um tópico fornecido pelo site.

b) Encaminhamento: Aqueles que vêm de outros sites. É ótimo se outros sites vinculam ao seu site e enviam tráfego para você.

c) Direto: esses são seus visitantes leais que inserem diretamente o URL do seu website no navegador.

d) Social: Esses visitantes vêm via Facebook, Twitter, LinkedIn ou outros canais de mídia social.

O rastreamento da origem do tráfego ajudará você a planejar campanhas e atividades de marketing, pois saberá quais plataformas são as melhores para atrair seu público-alvo.

3. Taxa de rejeição: essa métrica é a porcentagem de pessoas que acessam seu website e saem sem navegar. Uma baixa taxa de rejeição significa que a maioria dos visitantes encontra conteúdo interessante e relevante no seu site e permanece . Vincular a páginas interessantes no site, talvez as de melhor desempenho, é uma ótima maneira de manter os visitantes. Você também pode considerar a personalização de páginas para atender interesses de visitantes individuais .

4. Taxa de saída: essa métrica fornece a porcentagem de visitantes que acessam um website diferente de cada página. Conhecendo as páginas culpadas, você pode refazê-las para ser mais envolvente.

Se você tiver um site de comércio eletrônico, convém dar um passo além e acompanhar a taxa de abandono do carrinho. Por que as pessoas estão deixando o carrinho? Existe algum problema com o gateway de pagamento ? É muito difícil navegar ou o processo de pagamento é complicado? É útil envolver os visitantes em uma página em que é mais provável que eles saiam e ajudá-los com qualquer problema que possam enfrentar.

5. Taxa de conversão: em última análise, você quer que as visitas ao seu site se traduzam em negócios. Essa métrica informa quantos dos seus visitantes se tornam clientes.

Você também pode acompanhar o custo por conversão, ou seja, quanto gasta para obter um cliente ou lead. Isso pode ser diferente para todos os negócios, dependendo de seus objetivos . É quando um visitante faz uma compra, preenche um formulário de contato, inscreve-se em seu blog / boletins informativos ou compartilha conteúdo nas redes sociais? Você pode acompanhar uma ou mais dessas métricas e ver o desempenho do seu website.

Uma métrica relacionada é a taxa de retenção de clientes. Quando os visitantes compram de você, é provável que comprem novamente. E, se a experiência deles é boa, eles também espalham a palavra.

6. Páginas principais: quais páginas do seu site geram mais tráfego? Isso lhe dirá o que está funcionando para você e o que não está. Quando você sabe do que seus visitantes gostam, você pode replicá-lo em outras páginas e até mesmo adicionar um botão de CTA nas suas páginas de melhor desempenho para solicitar que seus visitantes se inscrevam ou comprem.

 Você também pode adicionar links para outras páginas com bom desempenho ou com conteúdo relacionado. Pense na seção “mais lida” em sites de notícias ou na guia de websites de comércio eletrônico que diz “os clientes que compraram também compraram”. Conhecer suas principais páginas ajudará você a dar o melhor de si.

 7. Comportamento do visitante: o que seus visitantes estão fazendo no site? Nós falamos anteriormente sobre a importância de conhecer os visitantes do seu site . Com base em seu comportamento, você também pode separar leads quentes, quentes e frios usando o Zoho SalesIQ .

 Uma métrica relacionada é interações por visita. As interações podem variar desde deixar um comentário / revisão ou compartilhar conteúdo nas mídias sociais, até bater papo com um agente e clicar nos botões CTA. Um website cativante com uma alta taxa de interação ajudará você a criar visitantes leais.

Simplesmente rastrear essas métricas não é suficiente. Eles informam o desempenho do seu site e apontam áreas para melhoria. Mas você precisa agir sobre as estatísticas para ter sucesso. Se você tiver alguma anedota ou dicas para compartilhar, faça isso na seção de comentários abaixo.

Fonte: zoho.com