Arquivos Zoho Social - CRM7 - Zoho Partner Brasil
Category

Zoho Social

Anúncio LinkedIn: O Manual Básico Para Sua Primeira Campanha

By | Blog, Marketing, Processos de negócios, Zoho Social

Quando a maioria das pessoas pensam no LinkedIn, elas pensam em networking e negócios.

Eles sabem que a plataforma é ótima para manter contato com profissionais e fazer novas conexões. Mas o que eles não percebem é que também pode ser uma plataforma de marketing digital muito eficaz.

Com LinkedIn é possível que você promova sua empresa diretamente a profissionais interessados e inclua várias opções exclusivas de segmentação com base no histórico profissional de cada uma delas.

Tornando especialmente eficaz para vendas B2B e serviços profissionais.

Apenas porque você não se enquadra nesses nichos, não significa que você deva ignorar a plataforma que oferece um poderoso grupo demográfico de profissionais de todas as idades e níveis de experiência. Se você é como muitos outros proprietários de empresas e gerentes de marketing, provavelmente já considerou a publicidade no LinkedIn.

Afinal, se o seu público está investindo seu tempo no LinkedIn, não é uma má ideia investir parte do seu orçamento de marketing em anúncios sociais.

Então, o que está te impedindo? Se você é novo na plataforma de anúncios, talvez não saiba por onde começar. O artigo de hoje orientará você no processo de criação de uma campanha a partir do zero com algumas dicas úteis ao longo do caminho.

Por Que O LinkedIn Fica Esquecido?

Você já fez uma campanha no LinkedIn? Se não, você não está sozinho. A plataforma de anúncios do LinkedIn geralmente é negligenciada pelos profissionais de marketing e pelos planejadores de mídia atuais. Isso pode ser devido a vários equívocos ou desafios, como:

  • O LinkedIn não é uma rede social típica; mas também não é uma verdadeira plataforma de conteúdo.
  • LinkedIn está focado em conexões de negócios; então, os profissionais de marketing tendem a pensar nisso apenas como B2B.
  • O LinkedIn tem um público muito, muito menor do que o Google ou o Facebook.
  • O LinkedIn não possui a integração de plataformas de gerenciamento de lance profissional.

A verdade é que a maior barreira para o uso dessa rede social é o fato de que ela parece ser algo “formal” demais para pequenos e médios empreendedores e outros profissionais autônomos.

Mas não se engane!

Esse estereótipo já foi superado há tempos e agora, mais do que nunca, o LinkedIn é um verdadeiro mar de oportunidades e negócios para todos aqueles que ousam se aventurar sabiamente por ele.

Qual O Valor Do LinkedIn Para Marketing?

Podemos perceber o LinkedIn como um canal de comunicação altamente segmentado que oferece grandes oportunidades aos profissionais de marketing. Para começar, tem um alcance considerável – mais de 500 milhões de membros em todo o mundo, com uma estimativa de 45 milhões no Brasil.

E, embora alguns possam dispensar seu público “menor”, ​​o LinkedIn pode realmente ajudá-lo a alcançar um público muito preciso. Isto é em grande parte devido a dois fatores:

  • O LinkedIn oferece ótimas opções de segmentação, logo, você pode escolher segmentar por cargo, empregador, função, habilidades e interesses;
  • Os perfis do LinkedIn contêm informações “profissionais” mais detalhadas e atualizadas em comparação com o que as pessoas listam em seus perfis pessoais no Facebook, etc.

Além disso, o LinkedIn agora fornece valor adicional através do conteúdo com seus esforços “Influencers” e “Pulse”.

Entre essas duas iniciativas e o valor das atualizações e das histórias compartilhadas, o LinkedIn evoluiu para uma plataforma de conteúdo que fornece um feed de notícias profissional e empolgante.

Além disso, a plataforma de publicidade do LinkedIn tem uma sensação semelhante às oferecidas pelo Google, pelo Facebook e outras redes sociais.

Por exemplo, ele permite que você crie diferentes tipos de anúncios, crie agrupamentos lógicos, defina lances para campanhas específicas e avalie o desempenho com métricas como impressões, cliques e conversões.

Será Que O LinkedIn É Para Você?

Agora que você sabe por que deveria considerar a publicidade do LinkedIn, é importante descobrir se a plataforma seria adequada às suas necessidades. Sempre que olhar para uma campanha, faça algumas perguntas-chave (veja abaixo). Se puder responder “sim” a qualquer uma deles, saiba que os anúncios do LinkedIn são a escolha certa para o trabalho:

1. Conheço Os Cargos Do Meu Público-Alvo?

Como o LinkedIn oferece segmentação por cargo, ele pode ajudar você a identificar seu público.

Por exemplo, se você estiver cuidando do departamento de marketing de uma faculdade de direito que ajude os assistentes jurídicos a se tornarem advogados, essa opção de segmentação permitirá que você concentre seus esforços nos indivíduos que têm “assistente jurídico” como título de trabalho.

2. Eu Sei Onde Meu Público-Alvo Trabalha?

Esse método de segmentação pode ser usado para várias finalidades diferentes.
As organizações podem utilizá-lo para o recrutamento, usando-o para atingir os funcionários dos concorrentes.

Ele também pode ser usado para uma abordagem de vendas direcionada, pois pode colocar sua marca na frente das pessoas certas em uma empresa para a qual você está tentando vender. Além disso, essa opção de segmentação pode ser uma excelente ferramenta de busca de emprego – os indivíduos podem usá-la para colocar seu nome na frente dos responsáveis ​​pela tomada de decisões em uma empresa para a qual desejam trabalhar.

3. O Meu Público Tem Habilidades / Interesses Únicos?

A capacidade de direcionar por habilidades e / ou interesse é ótima para todos os tipos de empresas profissionais.

Por exemplo, um fornecedor de software de análise pode usá-lo para segmentar indivíduos que tenham software competitivo ou idiomas de análise específicos listados na seção de habilidades de seu perfil do LinkedIn.

Como Começar?

Começar uma campanha publicitária e escolher seu público-alvo é geralmente uma das partes mais assustadoras do processo de anúncios pagos no LinkedIn.

Uma vez iniciado, no entanto, não é tão complicado quanto você imagina. Basta seguir estes passos:

  • Para começar, é necessário criar uma conta no Campaign Manager do LinkedIn (onde você gerencia e otimiza seus anúncios)
  • Você será questionado sobre qual dos formatos de anúncio gostaria de exibir e poderá saber mais sobre as diferentes opções (recomendamos Sponsored Content no feed de notícias e Text Ads)
  • Em seguida, digite sua Company Page quando for perguntado para qual conta executar a campanha e dê um nome à campanha
  • Depois de atribuir um nome à sua campanha, você terá a opção de promover postagens recentes da página da sua empresa ou alguma outra landing page. Selecione um (ou vários) deles ou crie um novo post para promover
  • Depois de criar ou selecionar suas postagens, a próxima etapa é segmentar seu público. Use os diferentes critérios de segmentação para segmentar suas personas ideais, concentrando-se na localização, idade, sexo, setor, tamanho da empresa, função do trabalho e habilidades profissionais
  • A etapa final depois de escolher seu público-alvo é determinar seu tipo de lance, custo do lance, orçamento diário e duração da campanha. O LinkedIn recomendará um preço de lance para seu público alvo (custo por clique). Você pode alterá-lo conforme o ajuste e definir o orçamento geral. Quanto melhor o lance, maior a chance da sua peça ser exibida e consequentemente maior a chance do seu target clicar no anúncio.

 

Quanto Gastar?

A questão de quanto gastar em anúncios sociais é aquela pergunta que quase sempre engana os iniciantes.

Na realidade, não há uma resposta única para todos, pois varia de uma empresa para outra com base no orçamento de marketing e no valor que desejam alcançar com seus anúncios.
Se você está apenas começando, não há problemas em testar a ferramenta com alguns testes de baixo orçamento, nos quais você pode descobrir o que funciona e o que não funciona.
Depois de criado um anúncio, o LinkedIn recomendará um preço de lance para o seu público, que é baseado no que outras empresas pagam para alcançar o mesmo público com seus anúncios.
Partindo desse ponto, você pode adotar duas abordagens:

  • Defina um limite de quanto você deseja gastar de acordo com o preço do lance e com o que deseja gastar com seu orçamento mensal (por exemplo, R$ 250 / semana a R$ 10 / clique)
  • Use as metas da campanha e as métricas de desempenho da página para determinar quanto você deve gastar para gerar leads na quantidade desejada.

Por Fim…

Agora você tem tudo o que precisa para ir e configurar suas primeiras campanhas de publicidade e criar o anúncio LinkedIn matador.
Não se preocupe em monitorar muito as campanhas no dia-a-dia.

Na verdade, é recomendado que você evite fazer isso. Campanhas flutuam naturalmente todos os dias e você pode tomar decisões ruins se você se envolver nessas mudanças diárias.

Você só precisa fazer o check-in uma vez a cada duas semanas para garantir que seus custos sejam razoáveis e que seus leads estejam convertendo bem.

Para B2Bs, nenhuma outra rede social chega perto de ser tão eficaz quanto o LinkedIn, e seus recursos de anúncio são incomparáveis quando se trata de segmentar seu público.

Espero que estas dicas tornem mais fácil começar.

Mais uma vez, quando se trata de gastar seu investimento em publicidade digital, você tem muitas opções.

Espero que este breve artigo tenha lhe dado algumas ideias sobre como você pode aproveitar a plataforma de publicidade do LinkedIn para sua próxima campanha.

7 Dicas Para Criar Uma Headline Poderosa!

By | Marketing, Zoho Social

Se você já pescou, sabe o quão importante é escolher bem a isca.

Você não pode pescar sem isca, e é ela que determina o tipo de peixe que você pega.

O mesmo também é verdade para o conteúdo que você cria para o seu site ou blog. Você precisa de isca para ser notado e obter mordidas na forma de visitantes, compartilhamentos e backlinks!

O título, ou headline ou título H1, é a isca no seu anzol do marketing de conteúdo. Você é quem está pescando, e seus leitores e possíveis clientes são, adivinha quem … o peixe!
Dependendo do tipo de peixe que você está tentando pegar, de onde estão seus peixes e do que comem, você utilizará diferentes tipos de iscas para pescar. OK, chega de analogias sobre pesca, vamos dar um tempo para aprender um pouco mais sobre as headlines.

O Exatamente É Uma Headline?

Uma headline é exatamente como as manchetes de jornais impressos e artigos de revistas, exceto pelo fato de estarem em páginas da web. É através dela que você vai capturar a atenção e a curiosidade de seus leitores. É basicamente a porta de entrada para sua estratégia de inbound marketing. Pensando nisso, separamos 7 dicas que podem turbinar sua criação de headlines matadoras que realmente geram resultados e que podem fazer com que você sempre apareça na primeira página.

Dica 1: Adicione Números e Símbolos

Há algo nos títulos que começam com números e contém parênteses. pela razão que os números como dígitos funcionam surpreendentemente bem, mesmo quando comparados com os mesmos números escritos como palavras.

“As 5 melhores praias do mundo” geralmente oferecem uma taxa de engajamento que é o dobro de “Cinco melhores praias do mundo”.

Adicione um bônus ao seu título. Inclua entre parênteses ou colchetes. Caracteres especiais destacam seu título e as pessoas clicam mais nele.

  • Estratégia de Marketing de Conteúdo que Você Obtém Resultados [SLIDES]
  • Um guia para iniciantes no Pinterest + [PDF download]
  • Quão poderoso se tornará o marketing de vídeo? [infográfico]

Dica 2: Utilize A Escassez

Se você deixa suas headlines urgentes e oportunas, geralmente pode despertar a curiosidade de seus leitores. Se você é um instalador de piscinas residenciais, pode escrever seu título para ler:

“Apenas mais 5 dias para aproveitar nossa instalação de verão especial”.

Dica 3: Crie Listas

Os humanos amam naturalmente e respondem à ordem. As listas são uma ótima maneira de aproveitar esse amor. Você pode usar listas de “As 10 melhores…”, “As 7 piores…”, ou qualquer outra lista que você possa imaginar! Por exemplo, se você é um fotógrafo profissional, pode escrever seu título para ler:

“Os 10 destinos de casamento mais românticos”.

Dica 4: Mostre Onde Seu Leitor Pode Chegar

Crie uma headline sobre os resultados que seus leitores podem obter depois de ler e agir conforme você ensina no seu post. Por exemplo, se você é um especialista em cuidados com a pele, seu título poderia ser: “Redução notável das rugas depois de apenas 5 utilizações do Produto X – Veja os resultados”.

Dica 5: Economize Tempo

Com todo mundo sendo tão ocupado hoje em dia, economizar alguns minutos aqui e ali é realmente valioso para a maioria das pessoas.
Mostre o valor de reduzir o tempo de uma tarefa tipicamente árdua. Por exemplo, se você vende lençóis de luxo e roupas de cama, o título pode ser: “Economize 5 minutos arrumando a cama todos os dias com essas dicas”.

Dica 6: Economize Dinheiro

Às vezes, o valor é transmitido através de reais e centavos poupados ou ganhos ao fazer algo.

Use isso a seu favor, por que se você vende sistemas de climatização, seu título poderia ser:

“5 maneiras de reduzir sua conta de energia neste verão”.

Dica 7: Seja Curto E Direto

As melhores headlines são aquelas que você pode ler na íntegra nas classificações da pesquisa do Google. Isso significa que você precisa mantê-los com menos de 70 caracteres ou 6 a 8 palavras.

Isso ajuda em termos de SEO e também legibilidade. Se alguém não conseguir ler todo o seu título no ranking do Google, ele terá menos chances de clicar. Você precisará testar continuamente esses diferentes tipos de título para determinar quais são mais eficazes para gerar tráfego, leads, clientes, compartilhamentos, comentários e outros tipos de envolvimento.

Além disso não há dois públicos exatamente iguais portanto eles podem compartilhar muito em comum, mas todos responderão de maneira diferente. Ao adicionar dúvidas, valor e mistério aos seus títulos, você tem mais chances de atrair mais visitantes qualificados a partir dos resultados da pesquisa orgânica. Na próxima vez que você escrever um artigo, tente usar uma dessas dicas. Como resultado pode ser que você não consiga gerar THE HEADLINE logo de cara, ou seja, o melhor título que você possa imaginar.

É com a prática que você se torna capaz de criar headlines poderosas e funcionais.

Pesquisa: Facebook é a plataforma mais usada para comunidade

By | Blog, Zoho Social | No Comments
Em uma tentativa de entender como as empresas constroem comunidades, fizemos uma pergunta na semana passada sobre nossa pesquisa. Estávamos ansiosos para ver quais plataformas eram preferidas pelas empresas para construir uma comunidade. Ao mesmo tempo, também queríamos ver o quanto a ideia de construir uma comunidade havia permeado.

Acontece que o Facebook foi votado como a plataforma mais popular para a construção de uma comunidade. Cerca de 23% de todos os entrevistados escolheram o Facebook como sua preferência (ou uma de suas preferências). Isso é bastante simples. O Facebook tem uma base de usuários muito grande e tem uma experiência de usuário simples. Demora muito pouco tempo para iniciar uma comunidade e crescer via Facebook.

O LinkedIn vem em segundo lugar, com cerca de 20% dos entrevistados escolhendo a plataforma de rede profissional. Como uma alternativa mais séria, o LinkedIn tem várias comunidades de negócios que atraem participação significativa dos membros. Inicialmente, as empresas preferiam o LinkedIn ao Facebook quando se tratava de construir uma comunidade profissional, devido à sua perspectiva mais séria em relação à rede.

O Twitter vem em terceiro, com cerca de 16% de todos os respondentes a seu favor. Embora o Twitter não seja adequado para uma comunidade no sentido tradicional, ele permite que as empresas tenham “conversas” com seus clientes / clientes em potencial. As empresas podem resolver problemas de suporte ao cliente via Twitter. É também uma ótima plataforma de distribuição para marketing de conteúdo.

Pouco mais de 16% de todos os entrevistados disseram que usam seu próprio blog e fórum para construir suas comunidades. Isso é mais provável porque um blog e um fórum são um nível separado de uma rede social. Então, é preciso mais esforço para construir uma comunidade usando esses recursos. Construir uma comunidade longe das redes sociais significa que seus clientes não precisam necessariamente ter uma conta em nenhum deles. Nesse sentido, não tem pré-requisitos.

Acima de tudo, cerca de 24% dos entrevistados opinaram que ainda não começaram a construir uma comunidade. Construir uma comunidade envolve muito esforço sustentado para benefícios de longo prazo. As empresas em seus primeiros dias podem não preferir construir uma comunidade, simplesmente porque estão ocupadas encontrando clientes por outros meios. Além disso, no caso de empresas em que uma comunidade simplesmente atende ao propósito de suporte ao cliente, o suporte por e-mail ou por telefone pode ser uma ideia melhor por algum tempo. No entanto, este componente dos entrevistados provavelmente começará a construir uma comunidade em algum momento no futuro.

Se você está procurando construir uma comunidade, você pode querer considerar os prós e contras de cada plataforma em detalhes, antes de decidir sobre qualquer coisa.

Fonte: zoho.com

Porque investir em um CRM – Sistema de Gestão de Clientes

By | Blog, CRM, Zoho Social | No Comments

Aposto eu que você já recebeu inúmeras ligações de empresas oferecendo sistemas de gestão de clientes, ERP’s, sistemas financeiros e outros tantos, estou certa?

E você como está sempre naquela correria do dia-a-dia, mão de obra reduzida pela crise do país, com outras prioridades a investir, não quis nem ouvir e nem cogitou a possibilidade de conhecer essas plataformas.

Estou certa também?

Enquanto isso você vai alimentando aquela planilha de excel que está na área de trabalho do seu computador, sem padrão e que você pode perder a qualquer momento caso um vírus invada a sua máquina. Ou então até tem um sistema, mas não sabe usar direito e faz da forma que dá. Eu lhe peço, imploro e afirmo que deves investir em um sistema para isso, e pra ontem ouviu?

Não espere mais.

Assim como você vende seu produto e/ou serviço com segurança e autoconfiança, eu vendo o meu também. E reitero: invista em um sistema de gestão de clientes. O que? Não conhece nenhuma? Mas eu te arrumo uma agora mesmo, bem rápido: Zoho CRM.

Se você não leu em outros artigos do nosso blog, eu explico novamente aqui.

O Zoho CRM é um software de gestão de clientes. Mas calma aí, não é só para cadastrar os dados do seu cliente e blá blá blá, se não eu até diria para continuar no excel mesmo. Ele é um sistema completo.

E digo completo porque te proporciona todo um processo de vendas formalizado, registrado e padrão, pós-venda e relatórios de análises de negócios.

Você pode controlar pessoas físicas e jurídicas. Clientes em potenciais e futuros. Propostas, cadastro de produtos, fornecedores, ordens de venda, ordens de compra, integração com as aplicações como: Zoho Campaigns (para disparo de e-mail marketing), integração com Sales e Markering (que traz através das redes sociais ou website um cadastro dentro do CRM de pessoas que se interessaram pelo seu negócio por meio de pesquisas na internet), arquivo de documentos e inúmeros relatórios completos para que possa elaborar um bom plano de negócios (qual canal trás mais leads, qual a porcentagem de aceite de proposta, porque foram aceitas, porque não, qual a média de tempo de fechamento, qual seu produto mais vendido, entre outros tantos).

Agora falei sua língua, vai dizer. Mas sei que tudo isso ainda deve estar confuso dentro da sua cabeça de como implantar, qual preço, o que fazer com os cadastros do excel, como treinar seus funcionários, uffa.

Isso é bem simples, só falta você nos mandar aqui nos comentários um: – Oi, fiquei interessado, quero conhecer a plataforma. Nós imediatamente retornamos à você.

E quando digo imediatamente, é imediatamente, porque se tem algo que gostamos de fazer, é provar para você o quanto um sistema de gestão de vendas pode mudar o seu negócio. Eu digo e afirmo!

Acompanhe sempre nosso blog, sempre terá conteúdos de funções específicas do Zoho CRM para você conhecer e se deliciar.

 

Zoho Sociais no topo do G2 Crowd’s. Top 10 Software Social Media de Monitoramento & Gerenciamento

By | Blog, Zoho Social | No Comments

Estamos entusiasmados em anunciar que Zoho Social é o # 1 no Top 10 Social Media Software de Monitoramento para Small Business e # 2 no Top 10 Software de Gestão Mídia Social para Pequenas Empresas listado por G2 Crowd.

Nós não poderia imaginar uma melhor forma de alavancar este ano novo!

Nos somos classificamos consistentemente nas listas do G2 Crowd’s. Na seleção dos Líderes Crowd Fall 2016 Social Media Suites Grid Report, entre os líderes no G2 Crowd Winter 2017 Social Analytics Software Grid Report e também na GetApp Top 3 Social Media Marketing Category Leaders Q4 2016. .

A nossa visão de fazer a gestão de mídias sociais sem problemas e dificuldades para as empresas em crescimento é mais forte do que nunca, e o feedback constante nos motiva para entregar continuamente o melhor. Obrigado por tudo isso.

Nós nos esforçamos para oferecer-lhe um produto de marketing e gerenciamento de mídia social que ajuda você a se envolver com seus prospects e clientes, construir conexões fortes, e dar ao seu negócio a atenção que merece.

Vamos dar uma olhada nos qualificadores do G2 Crowd:

G2 Crowd tem uma lista de verificação das eliminatórias para produtos sob o Monitoring Top 10 Social Media e softwares de gestão para pequenas empresas:

  • Ouça os menções específicas através de mídia social
  • Identificar tendências tópicos ou frases
  • Identificar líderes e influenciadores
  • Organizar a informação do cliente
  • Publicar mensagens de mídia social
  • Gerenciar várias contas
  • Responder a perguntas
  • Automatizar e agendar mensagens de mídia social

As pontuações G2 Crows Satisfação e Rankings são baseados em 3014 e 2896 comentários para Social Media Monitoring e Gestão, respectivamente, através de 173 produtos. E este ano, o Zoho Social cumpriu todas!

 

Social Media Monitoring:

Social Media Management: 

Aqui está o que alguns de nossos clientes que têm a dizer:

“Até agora Zoho tem batido todos os outros com o seu rico conjunto de recursos. Programando lançamentos, medições e relatórios. Outros não estão perto de encontrar as mesmas expectativas. Se você estiver olhando para gerenciar suas mídias sociais e conhece o impacto, Zoho Social é uma plataforma de obrigação para qualquer negócio quer crescer. Rastreamento de impacto de cada post e melhores decisões sobre quando envia mensagens. A capacidade de gerenciar e relatar sobre todos os aspectos de um painel salvou muito tempo e recursos significativos. “

– Jeremy Kurtz, Gerente de Operações da Rede serviços TCG

“Eu não posso me gabar suficiente sobre Zoho Social e todos os aplicativos Zoho. Eu olhei para outras ferramentas de gerenciamento de mídia social e nada se compara com as características, benefícios e preço do Zoho. Todas as análises sociais através de múltiplas plataformas é em um só lugar. Eu amo isso! Estou sempre conectado e recebendo notificações no meu iPhone. Se você está indeciso você pode começar com o seu teste gratuito – sem amarras. Uma vez que você está dentro, você nunca vai voltar! “

– Cindy Romanowski, Comunicações membros no CVS Caremark

A esfera de mídia social é muito grande, e é onde a maioria dos seus clientes estão. Com a quantidade de engajamento e interações que ocorrem no espaço da mídia social, as empresas podem achar que é difícil de se concentrar no que mais importa para eles. O nosso objectivo é simplificar o gerenciamento de mídia social para o seu negócio e ajudá-lo a descobrir e levar você onde nunca poderia imaginar.

Zoho social não é apenas um produto qualificado de monitoramento de mídia social, é uma ferramenta de gerenciamento de mídia all-around sociais – que ajuda a rastrear palavras-chave específicas, identificar tendências sociais, agendar conteúdo atraente e monitorar o que as pessoas estão dizendo sobre sua marca.

Nosso foco este ano é levar gerenciamento de mídia social  para as empresas em todo o mundo. Gostaríamos muito de ouvir suas experiências usando Zoho Social.

Se você não estiver usando Zoho Social, acesse agora. Há uma versão de avaliação gratuita de 15 dias disponível e um plano para sempre-free também!

Fonte: zoho.com