Skip to main content
Category

Blog

Como utilizar o CRM no seu funil de vendas

By Blog, CRM, Marketing

Um CRM lhe dá a oportunidade de acompanhar cada venda, do início ao fim. No entanto, com muita frequência, as empresas não usam seu CRM em todo o seu potencial ou não têm uma estratégia adequada.

 

Se você investiu recentemente em um CRM ou já tem o seu por um tempo, saiba que ele é mais eficaz se você usá-lo estrategicamente durante todas as etapas da jornada de vendas.

 

Para ajudar a melhorar seu processo de vendas e maximizar o uso do seu CRM, siga estas práticas recomendadas para todas as cinco etapas do seu funil de vendas.

1- Prospecção

Gerar leads pode ser um processo confuso. Entre o recebimento de novos contatos do marketing, a realização de cold calls e o envio de e-mails, pode-se perder informações importantes do cliente. 

 

Use o seu CRM para se manter organizado durante a fase de prospecção.

Insira informações de social selling

Se você usa o LinkedIn, o Twitter, ou outras redes sociais para gerar relacionamentos com clientes, talvez seja hora de acompanhar as interações sociais com as integrações de mídia social do CRM.

 

Use integrações para plataformas de gerenciamento de mídia social para ouvir e interagir com potenciais clientes. Você pode, então, acessar facilmente os perfis de mídia social dos clientes em potencial e continuar construindo relacionamentos.

Monitore as conversas do cliente

Cold calls, e-mails, bate-papos ao vivo: todas são formas eficazes de gerar leads. Mas outra estratégia tão importante (e raramente usada) é gerar leads através de tickets de suporte ao cliente.

 

Sua equipe de suporte ao cliente está atenta às dúvidas e preocupações dos clientes. Por meio do seu CRM, o suporte deve ser capaz de notificar facilmente as vendas sobre suas respectivas conversas que podem levar a oportunidades ou referências de upsell.

 

Segmente seus dados do CRM

Seus clientes em potencial são organizados para que eles sejam fáceis de localizar e avaliar? 

 

Você pode usar o CRM para gerenciar seu banco de dados de contatos e por exemplo, atribuir ao seu prospecto um status de cliente para que um contato seja facilmente rastreável. 

 

Leve isso um passo adiante com a segmentação de lista.

 

Utilizar listas segmentadas significa que os clientes em potencial vão receber uma experiência mais personalizada. 

 

Vincule seu CRM ao seu software de automação de marketing para segmentar sua lista de possíveis clientes. Você pode segmentar por lucratividade, região, setor, etc. Filtre e classifique seus dados por esses segmentos.

2- Qualificação

Idealmente, seus esforços de prospecção estão trazendo clientes perfeitos que correspondem às suas personas de comprador e critérios de cliente. Mas, para garantir que os leads certos estejam sendo seguidos, use seu CRM para otimizar o processo de qualificação de leads.

Marque seus leads

Determine quais de seus leads são de alto valor e use a pontuação de leads em seu CRM. Tome certos conjuntos de informações sobre seus leads e transforme-os em pontuações específicas.

 

Por exemplo, crie uma fórmula em que as pontuações sejam baseadas em variáveis ​​como fonte de leads, informações de contato e dados demográficos. Seu CRM deve atribuir automaticamente uma pontuação numérica que você predefiniu com base nessas variáveis.

 

Digamos que um de seus leads receba 10; outro recebe um 5 porque não atende aos seus critérios.

 

Filtre seus leads pela pontuação deles. Você sabe então em quais oportunidades deve se concentrar.

Monitore as interações de leads

Quantas vezes seus leads interagiram com sua empresa? Durante as cold calls, quais são suas perguntas? Qual é a principal preocupação deles via e-mail? Com base nessas conversas, encontre respostas para perguntas como as seguintes:

 

  • Qual o valor que o nosso produto/serviço traz para essa perspectiva?
  • Qual necessidade específica ela preenche?
  • Esse prospecto tem orçamento para comprar nosso produto/serviço?

 

Seu CRM fornece uma base para coletar as respostas para essas perguntas de qualificação. Por exemplo, sua conta de e-mail deve estar integrada ao seu CRM para que você nunca perca uma conversa com clientes em potencial. 

 

E-mails abertos, cliques e respostas também devem estar disponíveis em tempo real.

Rastreie os prospectos “não qualificados”.

Alguns de seus leads não serão qualificados. Seu trabalho é descobrir como você pode melhorar os critérios de qualificação e suas origens e pontuação. 

 

Use seu CRM para solicitar que os representantes listem o motivo pelo qual um determinado lead não foi qualificado.

 

O lead não precisava do seu produto/serviço? Não era apenas a hora certa? Ou talvez o seu ponto de contato não seja quem toma a decisão de compra. Mesmo que um determinado lead não esteja qualificado agora, você poderá acompanhar mais tarde.

3- Cotação

Durante o estágio de cotação, você discute preços e condições com o possível cliente. É fundamental que você e seus representantes forneçam uma experiência incrível para aproximar o lead da assinatura na linha pontilhada. 

 

Seu CRM pode diferenciá-lo dos concorrentes, adicionando toques pessoais ao relacionamento com o cliente.

Conheça seu cliente

Seu CRM oferece a oportunidade de aprender muito sobre o cliente. Ao migrar um acordo para o estágio final, revise consistentemente os dados em seu CRM para obter insights valiosos que você pode usar ao conversar com o cliente. Veja coisas como perfis de clientes e chamadas gravadas.

 

Faça anotações sobre uma preocupação específica que você percebeu na conversa de um lead em particular. Demonstre que você reconhece seus pontos de dor. Torne a experiência personalizada e mostre que você realmente se importa com as necessidades do cliente.

Rastreie a atividade dos representantes

Se você é um gerente, é importante saber se os representantes estão realmente enviando cotações, se as oportunidades de cotação estão sendo perdidas ou se os representantes estão acompanhando os clientes em potencial com a frequência necessária. O relatório de atividades no seu CRM deve fornecer essas informações. Revise as atividades, como as seguintes:

 

  • Chamadas feitas
  • Emails enviados
  • Tarefas concluídas
  • Notas tomadas
  • Visitas

 

Experimente diferentes filtros para analisar os resultados de chamadas e os resultados de email ou classificar atividades por equipes.

 

Você pode identificar melhor se os representantes estão efetivamente movendo as transações pelo funil. Se não forem, descubra por que antes de uma transação ser perdida.

4- Fechamento

É crucial que você consiga fechar negócios para gerar receita. Seu CRM ajuda a marcar o momento de fechar um acordo e destaca as áreas que precisam ser melhoradas no processo de fechamento.

Mantenha-se atualizado

Quais leads estão preparados para fechar? O relatório de previsão de vendas do seu CRM é uma ferramenta útil para acompanhar cada etapa do processo do negócio no seu pipeline.

 

Revise a data de fechamento estimada e ganhe a probabilidade de cada transação (defina esses números no início do funil de vendas). Se um negócio não estiver ocorrendo como deveria, talvez seja hora de corrigir o problema.

 

Identifique os motivos pelos quais uma determinada transação pode não fechar. Use as informações para determinar possíveis soluções para que você possa atingir a receita de pipeline que você originalmente projetou.    

Identifique os gargalos

Quão eficaz é o seu pipeline? Onde as transações estão ficando presas? Já mencionamos os relatórios de atividades, mas você também deve analisar a análise de duração do estágio do CRM e a duração do estágio pelos relatórios do proprietário.

 

Com o relatório de análise de duração do estágio, você pode ver a quantidade média de tempo que as transações gastam em um determinado estágio do pipeline. Use dados com base em negócios vencidos e perdidos anteriormente para determinar suas chances de fechar um acordo.

 

A duração do estágio pelo proprietário permite que você veja quais representantes estão com dificuldades. Alguns representantes não são eficazes Você deve poder contar dentro deste relatório de CRM.

Monitore o funil de vendas

Outro relatório que você deve acompanhar é o relatório de análise do funil de vendas. 

 

Verifique este relatório no seu CRM para ver se você fechou as transações projetadas originalmente. Com base na data de criação da transação, o relatório de análise do funil de vendas mostra quantas transações, do total de entradas recebidas, estão realmente encerradas – uma visão geral da progressão da transação.

 

Este exercício ajuda você a se preparar melhor da próxima vez se não conseguir fechar determinadas transações ou se quiser repetir um processo bem-sucedido.

5- Oportunidades ganhas/perdidas

Você atingiu o momento final do funil de venda. Você foi capaz de ganhar ou perder o negócio. De qualquer forma, o seu CRM fornece informações valiosas sobre por que uma determinada venda foi direcionada de forma positiva ou negativa.

Siga suas métricas

Já analisamos vários relatórios. Aproveite outros dados do CRM com métricas e analise as atividades que funcionaram bem e as que não funcionaram. Veja alguns exemplos de métricas importantes para acompanhar:

 

  • Taxa de fechamento
  • Taxa de conversão de oportunidades para leads qualificados
  • Ciclo médio de vendas
  • Velocidade de vendas

 

Todos os dados dessas métricas devem estar disponíveis no seu CRM. Use os insights dessas métricas para tomar melhores decisões em todo o processo de vendas.

Não desista de ofertas perdidas

Se você perdeu um acordo, acompanhe as ações e registre-as no seu CRM para acompanhamento posterior. Só porque você não conseguiu fechar uma oferta desta vez, isso não significa que o cliente potencial não estará interessado no futuro.

 

Adicione um motivo de perda à transação no seu CRM. 

 

Seja específico sobre o cenário de perda. Talvez o cliente tenha escolhido um concorrente ou decidido que seu produto/serviço era muito caro. Conhecer o “porquê” por trás de um acordo que não fecha, poderia ser útil para vencê-lo no futuro ou fornecer um contexto sobre o que não fazer com outras transações.

 

Dependendo da natureza do acordo, você poderá movê-lo de volta para o estágio de Qualificação ou para Cotação.

Atualize seu pipeline

Para garantir que os insights sejam sempre precisos e confiáveis, limpe regularmente seu pipeline. Remova dados duplicados ou incorretos. As principais perguntas a serem revisadas ao atualizar seu pipeline incluem o seguinte:

 

  • Há algum gargalo (leads estagnados)?
  • Há leads mortos ou de baixa oportunidade que posso remover?
  • Há alguma comunicação que precise ser atualizada?

 

Limpe seu pipeline em uma base diária, semanal e mensal. Dessa forma, você não ficará sobrecarregado como faria se estivesse realizando o processo uma vez por ano.

6- Aproveite ao máximo seu CRM

É importante notar que você precisa primeiro de um CRM de qualidade para que as práticas acima sejam as mais eficazes. 

 

Primeiro, defina o melhor CRM da sua empresa, por exemplo, um que crescerá com o seu negócio, antes de se comprometer com a implementação de um processo em torno de uma solução que não seja escalável.

 

Não desperdice as valiosas capacidades do seu CRM. A implementação das práticas acima economiza tempo e dinheiro à medida que você melhora os estágios em seu funil de vendas.

Quais os benefícios do CRM para a empresa?

By Blog, CRM

O cenário atual do mercado de negócios é muito competitivo e, para obter uma vantagem sobre seus concorrentes. Nesse sentido, muitas empresas têm utilizado softwares de relacionamento. 

 

Mas afinal, quais os benefícios do CRM para a empresa?? Bem, estamos aqui para ajudá-lo.

Este artigo detalha o que o software CRM faz exatamente para um negócio e explica como essas ferramentas podem resolver problemas da vida real tanto para pequenas como para grandes empresas.

O CRM pode melhorar a eficiência de seus processos

Você pode usar o software CRM para substituir processos manuais ineficientes em sua empresa. 

 

A maioria dos aplicativos geralmente tem uma interface simples e intuitiva que pode ser gerenciada facilmente até mesmo por usuários inexperientes. Outra maneira pela qual o software de CRM ajuda na eficiência integrando-se perfeitamente a outros sistemas de negócios, como aplicativos de automação de marketing. 

 

Isso permite gestão de relacionamento com o cliente de várias maneiras lucrativas, mesmo com recursos limitados.

CRM permite melhor colaboração em equipe

Você pode migrar de planilhas antigas para uma moderna plataforma de CRM a fim de melhorar a colaboração em sua empresa. 

 

O gerenciamento eficaz das relações com os clientes requer a ajuda de vários funcionários em unidades, como vendas, marketing, tecnologia e suporte ao cliente. Com um sistema de CRM baseado em nuvem, seus funcionários em diferentes unidades podem colaborar e trabalhar juntos de forma eficaz. 

 

Você pode até mesmo utilizar funcionários em diversos locais geográficos, pois as soluções baseadas em nuvem podem ser facilmente acessadas de qualquer lugar e a qualquer momento.

Transforma dados em informações úteis

Muitas empresas têm um enorme depósito de dados sobre os clientes. Eles podem usar esses dados para saber mais sobre os padrões de compra, o histórico de compras, os interesses de produtos e outros aspectos dos clientes, usando as ferramentas de visualização e análise de dados oferecidas pelos aplicativos de CRM. 

 

Por exemplo, a maioria dos sistemas de CRM oferecem ferramentas úteis de análise de dados para ajudar as empresas a obter informações acionáveis ​​a partir de seus dados de clientes.

Torna os funcionários mais responsáveis

Se você não tiver as ferramentas necessárias para gerenciar o ciclo de vida do cliente com eficiência, poderá perder muitas oportunidades de melhorar o relacionamento com os clientes e as vendas. 

 

Isso pode ser evitado com o uso de software de CRM, que permite tornar seus funcionários mais responsáveis. 

 

Eles entenderão melhor suas tarefas e serão mais responsáveis ​​por atender às necessidades de seus clientes. Se eles forem insuficientes, você poderá descobrir facilmente onde eles erraram e adotar medidas corretivas para corrigir os problemas com antecedência e tornar suas interações com o cliente mais eficazes e lucrativas.

Pode melhorar as receitas da empresa

Com uma boa estratégia de CRM, você pode aumentar muito as receitas da sua empresa. 

 

Como mencionado anteriormente, você pode analisar os dados do cliente para criar campanhas de marketing e vendas mais eficazes. Dessa forma, você pode garantir que suas promoções de novos produtos sejam direcionadas para um novo conjunto de clientes e não para os anteriores. 

 

Além disso, você pode entrar em contato com clientes existentes com boas ofertas para incentivá-los a fazer compras repetidas. Todas essas estratégias podem ajudar a impulsionar a receita de seus clientes.

 

Ele permite que você faça up-selling e cross-selling

Com informações sobre os interesses dos clientes, padrões de compra e histórico de compras sob seu comando, você poderá melhorar sua oferta ao vender produtos premium relacionados. 

 

Além disso, você também pode fazer cross-selling mais facilmente, oferecendo produtos complementares que você sabe que eles precisarão. 

 

O software CRM armazena todos os dados do cliente em um banco de dados central que pode ser facilmente acessado pelos executivos da sua empresa. Quando surge a oportunidade, eles podem entrar em contato com os clientes para promover seus produtos e participar de processos eficazes de venda e venda cruzada.

Melhora seus esforços de marketing

Ao obter insights acionáveis ​​sobre as necessidades de seus clientes e o comportamento de compra, você pode identificar seus segmentos de clientes mais valiosos. 

 

Além disso, você também pode obter informações sobre segmentos semelhantes em potencial. Você pode se concentrar nesses dois grupos para otimizar com eficiência seus recursos de vendas. Essa estratégia também pode garantir que você não perca tempo valioso em segmentos de clientes menos promissores.

Contribui para uma melhor experiência do cliente

Talvez o benefício mais importante de todos seja que seus clientes possam desfrutar de uma experiência mais prazerosa em suas interações com sua empresa. Você pode segmentá-los, identificar suas necessidades e envolvê-los com conteúdo relevante no momento certo. 

 

Isso pode melhorar suas vendas, melhorar a satisfação do cliente e permitir que você envolva os mais valiosos em relacionamentos lucrativos de longo prazo.

 

Com uma estratégia de CRM eficaz, você pode comercializar, vender e atender seus produtos de maneira mais sistemática e organizada. 

 

Além disso, você pode entender os problemas dos clientes com clareza e melhorar o suporte que pode aumentar a fidelidade do cliente. Você também pode obter feedback valioso de seus clientes sobre seus serviços e produtos e tomar as medidas adequadas. 

 

Em suma, se os seus clientes estão satisfeitos com o seu produto e serviço, eles podem recomendá-lo aos seus contatos, o que aumentará ainda mais suas vendas.

 

Lembre-se de que à medida que nos movemos cada vez mais para interações amigáveis ​ e acessibilidade constante, os clientes esperam um certo nível de serviço. Se você não puder atender às expectativas deles ou esquecer as suas necessidades, corre o risco de perder o negócio para um concorrente.

 

Esperamos que este artigo tenha informado você adequadamente sobre o que o software CRM faz para um negócio. Não há dúvida de que as empresas podem se beneficiar muito ao usar efetivamente uma solução de CRM adequada.

CRM e finanças da empresa

By Blog, CRM, Processos de Negócios

O gerenciamento de relacionamento com o cliente é um aspecto crucial para qualquer negócio. Isso é o que ajuda os empreendedores a facilitar as interações que eventualmente convertem leads em clientes pagantes. 

 

O atendimento de qualidade é um fator importante para aumentar a receita, reduzir a rotatividade de clientes e aumentar as taxas de satisfação para o seu negócio. 

 

No entanto, os processos envolvidos nos esforços para garantir esses relacionamentos podem ser bastante entediantes, razão pela qual muitas empresas investem em programas de software de CRM (Customer Relationship Management).

 

Você pode estar se perguntando, “como exatamente essas plataformas ajudarão o controle financeiro da empresa?”. Neste artigo, discutiremos os tópicos a seguir para ajudá-lo a entender qual a relação entre CRM e as finanças da empresa.

Benefícios do uso do CRM

Os sistemas de CRM permitem que as empresas envolvam mais clientes de maneira positiva e permaneçam competitivas no ambiente de negócios lotado e agressivo de hoje. 

 

Geralmente equipados com ferramentas para rastreamento de atividades do cliente, monitoramento de interação e registro de informações de contato, esses softwares podem melhorar significativamente a retenção de clientes e a geração de leads. Além disso, com seus recursos de automação, os usuários podem facilmente reduzir o tempo gasto em tarefas manuais tediosas e focar em responsabilidades mais exigentes.

 

Para ajudá-lo a ter uma ideia melhor de como essa solução pode melhorar suas operações comerciais, preparamos uma explicação detalhada dos três principais benefícios do CRM:

1- Melhor desempenho de vendas

É o motivo mais óbvio para adotar estratégias de CRM. Quando bem utilizado, o CRM permite que você siga leads de qualidade e reduza o desperdício de tempo com prospectos “ruins”. 

 

Os ciclos de vendas são reduzidos e as taxas de ganho são melhoradas. Além disso, você pode verificar os históricos de compras de cada cliente para identificar potenciais leads, aproveitar oportunidades ou gerar novas vendas.

 

O software de CRM também ajuda a identificar seus clientes mais valiosos, além de criar um sistema de recompensa ou comunicação personalizada para aumentar o engajamento e a conversão. 

2- Maior Rentabilidade e Eficiência

Rentabilidade é mais do que apenas aumentar as vendas. Ela está relacionada a processos eficientes em todas as suas operações comerciais para garantir que as oportunidades de vendas não sejam perdidas e os custos sejam minimizados. 

 

Com o CRM, os funcionários podem acessar dados importantes rapidamente para atender às necessidades do cliente ou resolver um processo de negócios crítico com mais rapidez. 

 

Por exemplo, um cliente está reclamando sobre um produto defeituoso. O Serviço de Atendimento ao Cliente no pós-vendas pode solicitar o número de série do produto e acessar rapidamente o banco de dados para registrar o lote defeituoso, enquanto a Logística pode fazer a substituição necessária. Enquanto isso, o Financeiro da sua empresa está computando a implicação de custo dessa atividade.

3- Tomada de decisão tática mais rápida

Um gerente bem informado com acesso a dados em tempo real pode fazer ajustes rapidamente para reagir às tendências do mercado. O CRM permite que você busque informações precisas a partir de dados em tempo real e no local. Isso significa que você pode ajustar suas estratégias ou táticas imediatamente para aproveitar uma oportunidade ou evitar uma crise.

 

A consolidação desse conhecimento, digamos, com a cadeia de suprimentos, pode ajudar a equipe de eventos a organizar testes escalonáveis ​​em segmentos de vendas de desempenho inferior, mas promissores. 

 

O CRM ajuda você a alocar recursos não apenas em áreas carentes, mas também promissoras. Da mesma forma, dados mais precisos também permitem reunir as melhores práticas brutas de diferentes departamentos para melhorar ainda mais a operação comercial geral.

A solução que a sua empresa precisa

Os negócios de hoje, sejam em grandes ou pequenas empresas, devem garantir que todas as suas operações atuem em uma direção unificada para adquirir novos clientes, retê-los e cortar custos operacionais. 

 

Eles precisam de uma boa estratégia de CRM. 

 

É como um maestro que permite que uma orquestra execute uma peça musical sólida, consolidando vários instrumentos em um único movimento fluido. 

 

Esperamos que com nossa lista dos 3 principais benefícios financeiros dos sistemas de CRM, você tenha encontrado razões mais concretas para começar a investir nessa tecnologia.

Como otimizar a captação de leads pela internet com um CRM

By Blog, CRM

O software de gerenciamento em relacionamento com o cliente (CRM) é fácil de integrar em uma estratégia de captação de leads pela internet porque isso é algo que você provavelmente já tem em prática. 

 

Essa é a tecnologia que sua equipe de vendas usa para rastrear leads, oportunidades e negócios. Além disso, alguns departamentos de marketing também podem estar usando um CRM atualmente para rastrear prospectos e enviar e-mails.

 

Se você tiver um CRM, é importante saber o que está usando, como as coisas são rastreadas atualmente, e como esse sistema pode se integrar a outras soluções de tecnologia que você planeja implementar. A maioria dos sistemas de CRM se integra muito bem com um conjunto de tecnologias de marketing.

 

Independentemente do software que você decidir usar para seus próprios esforços de geração de leads, é fundamental que eles sejam transferidos para o CRM para que sua equipe de vendas possa assumir o processo de vendas quando um lead estiver pronto para que se tornem clientes.

 

Ter um CRM implementado garante uma estratégia de geração de leads em ciclo fechado com o máximo alinhamento de vendas e marketing.

 

Vamos explorar as seguintes maneiras de o CRM mudar a geração de leads:

CRM e Automação de Marketing

A automação de CRM e marketing permite transformar visitantes em leads nas campanhas de marketing. 

 

Quando você automatiza a coleta de dados com a ajuda de complementos, ela fornece a capacidade de gerar leads de qualidade. A maioria dos principais CRMs está habilitada para facilitar processos como gerenciamento e rastreamento de leads.

 

Por outro lado, a automação de marketing ajuda você a melhorar o seu alcance junto com a conversão de leads. 

 

Por exemplo, dados importantes como posição do funil de marketing, ROI da campanha, números de leads, leads qualificados para vendas, dados demográficos do cliente e lead-time podem ser facilmente rastreados através de complementos de CRM.

 

Integração com Mídias Sociais

A mídia social está repleta de atividades do usuário e é uma ótima fonte de leads. Que melhor maneira de gerar leads do que um CRM que se integra com perfis sociais? As empresas percebem a importância da integração social e suas opções estão se restringindo ao CRM social.

 

Por exemplo, existem opções que adicionam automaticamente perfis sociais de clientes do Facebook, Twitter, Google+, LinkedIn, Flickr, YouTube e GitHub. 

Ferramentas Preditivas de Análise de Clientes

Quando você sabe o que seus potenciais clientes esperam do seu negócio, fica fácil segmentá-los. 

 

Com a ajuda de técnicas de filtragem de dados, você pode analisar os dados existentes do cliente e identificar um padrão de comportamento. Ao aproveitar a análise preditiva, você pode descobrir quem são seus clientes ideais e enviar conteúdo personalizado para eles.

 

Acompanhe a atividade do cliente em seu site e gere leads qualificados enquanto filtra os ruins no início.

Ferramenta de E-mail Marketing

E-mail marketing é uma ótima maneira de gerar novos leads. Colete o endereço de e-mail do cliente em seu site em troca de assinatura de um desconto, uma newsletter ou um ebook. 

 

Dependendo da ação dos clientes, seu sistema de e-mail marketing aciona uma série de e-mails adaptados ao comportamento específico do cliente.

Nutrição de leads

O cultivo de leads é o processo de distribuição de conteúdo relevante a compradores em potencial em diferentes etapas do funil de vendas. 

 

Durante o processo, as informações são ajustadas com foco nas consultas dos clientes. Como resultado, seus leads dão um passo à frente no ciclo de compra e se aproximam das vendas.

 

A nutrição de leads inclui várias táticas, como envio de marketing de conteúdo, conteúdo direcionado, incentivo multicanal, acompanhamento oportuno e pontuação de leads. 

 

O cultivo multicanal é geralmente uma combinação de automação de marketing, e-mail marketing e mídia social para envolver os clientes. 

 

Por outro lado, a pontuação de leads é uma técnica na qual você classifica os leads com base em seu valor percebido para a organização.

Integração Ecommerce-CRM

A integração de dados entre sua plataforma de comércio eletrônico e o sistema CRM oferece oportunidades infinitas para gerar novos leads. 

 

Assim que um cliente se registra em sua loja de comércio eletrônico, as informações são automaticamente enviadas para o seu CRM, reduzindo assim a entrada manual, os erros de dados e a duplicidade de dados.

 

Entenda como os clientes interagem com seus produtos e otimize sua campanha de marketing. Descubra o que há de comum entre os clientes que abandonam uma página específica ou um produto e busque esses leads otimizando seu website ou aprimorando sua abordagem de marketing. 

Entendimento do público-alvo

Para entender seu público-alvo, você deve entender o problema resolvido pelo seu produto ou serviço. 

 

Isso dá a você a capacidade de identificar clientes que enfrentam esse tipo de problema. 

 

Inicie uma campanha de marketing e use ferramentas analíticas para descobrir que tipo de clientes respondeu à campanha. É um processo contínuo que afina suas habilidades de geração de leads.

Formação de um Pipeline de Vendas

A geração de leads não significa apenas captar leads novos, mas torná-los parte de um pipeline de vendas. 

 

Formar um pipeline de vendas é priorizar os leads com base em seu ciclo de vendas, de modo que o acompanhamento e o agrupamento se tornem fáceis. Agrupe seus leads com base nas perguntas de qualificação de vendas. 

 

As perguntas podem ser sobre a capacidade dos leads de comprar seu produto e a probabilidade de fechar a venda:

 

  • Seu produto atende às necessidades de leads? 
  • Existe um cronograma para quando eles querem fazer uma compra? 

 

Essas perguntas podem impulsionar a geração de leads do CRM.

Gere leads que vão acompanhar você por um bom tempo

Um profissional de marketing inteligente tem várias maneiras à sua disposição para gerar leads de qualidade. 

 

Em última análise, é a qualidade dos leads que importa em relação à quantidade. 

 

Em vez de preencher seu banco de dados com leads não qualificados, concentre-se em como você pode usar o CRM para geração de leads, incorporando diferentes técnicas e integrando-as com diferentes plataformas e aplicativos.

7 dicas para conquistar novos negócios com vendas sociais

By Blog

Quando você toma a decisão de começar a usar as mídias sociais para sua empresa, precisa ter uma meta. Pode ser para ganhar mais exposição, aumentar a conversação on-line ou, como na maioria das empresas, gerar leads. Essa é uma das coisas mais difíceis de se fazer nas mídias sociais, então continue lendo se isso é algo que você quer fazer.

Você sabia que 23% dos usuários da Internet passam todo o seu tempo em redes sociais e blogs? Desde 2010, a mídia social tem sido o canal que mais cresce para a geração de leads. Para obter mais leads das mídias sociais, siga estas dicas:

Use vários canais

Para ter a melhor chance possível de gerar leads, você precisa usar mais do que apenas um ou dois canais sociais. Como eu, você pode achar certas mais benéficas do que outras, mas nunca sabe de onde vêm seus clientes, por isso é importante ter sua empresa nas principais redes sociais; Facebook, Twitter, Pinterest, Google+, LinkedIn e Instagram.

Faça sua pesquisa

Você sabe quem é seu cliente-alvo? Depois de definir sua demografia, você poderá decidir quais redes sociais funcionarão melhor para sua empresa. Isso, por sua vez, permite que você crie mais leads. Isso incluirá o uso de palavras-chave em mídias sociais para descobrir onde você obtém as melhores interações e também pesquisa seus concorrentes.

Criação de conteúdo

Sem um foco claro, consistência e excelente conteúdo exclusivo, você não terá o máximo de engajamento possível. Você deve ter uma estratégia de conteúdo que inclua um detalhamento do que você está compartilhando em cada rede social.

Engajamento

Depois de ter uma estratégia de conteúdo claramente definida, você precisa se concentrar no engajamento. A transferência, a resposta a perguntas e o envolvimento geral com sua comunidade são importantes para o sucesso do seu negócio nas mídias sociais.

Promoção cruzada

Depois de decidir quais redes sociais são as melhores para você, é necessário garantir que você divulgue informações sobre sua empresa. Ter botões de compartilhamento social no seu website aumenta as taxas de cliques em 150%.

Acompanhe os resultados

Sem acompanhar seus resultados de mídia social, você nunca saberá se o que está fazendo gera o maior número possível de leads. As ferramentas de monitoramento são essenciais para fornecer a melhor avaliação possível de sua estratégia de mídia social.

SEO

SEO é uma grande parte do marketing online. Há 4 bilhões de pesquisas todos os dias e é importante que sua empresa apareça em algumas delas. Certifique-se de que sua biografia para todas as redes sociais inclua palavras-chave relacionadas ao seu negócio e setor.

 

Você está gerando leads suficientes de suas vendas sociais?

 

Fonte: https://www.zoho.com/crm/blog/winning-new-business-social-sales.html

6 maneiras de melhorar as vendas automatizando seus fluxos de trabalho de CRM

By Blog, CRM

A pergunta: Por que automatizar? A resposta: maximizar os resultados e minimizar o esforço. Existe espaço para tal automação eficaz dentro de sua equipe de vendas? Sim existe. Este artigo descreve seis ideias experimentadas e testadas para automação que garantem resultados melhores, reduzindo a carga de trabalho.

 

Ideia de automação 1 : garantir que novos leads da Web sejam contatados em minutos.

 Web leads são preciosos. Você deve garantir que eles sejam contatados em minutos. De fato, de acordo com um estudo do MIT, se você fizer o primeiro contato em 5 minutos, o lead terá 22 vezes mais chances de converter. Mas como garantir que sua equipe de vendas acompanhe cada lead tão prontamente? A resposta é automação:

Assim que o formulário da web é preenchido, ele é registrado no seu CRM

O seu CRM utiliza o seu software de telefonia e solicita ao seu representante de vendas em seu sistema e telefones celulares.

Caso o representante esteja ocupado, o sistema encaminha automaticamente a chamada para a próxima, e assim por diante, até que um agente de vendas gratuito faça uma chamada para o número fornecido.

O representante recebe todos os detalhes relevantes do cliente em seu sistema / telefone. Eles só precisam clicar para ligar.

E, por mais simples que seja, você garante que todos os leads sejam contatados quando estiverem em branco. Em menos de 5 minutos? Sem suor.

Ideia de automação 2 : automatizar chamadas de acompanhamento em campanhas de email.

Se a sua campanha de e-mail é sobre o lançamento de um novo produto, uma demonstração ou um encontro, é difícil conseguir leads para abrir seus e-mails. Então, quando eles fazem, não faz sentido acompanhar? Vi equipes de vendas bem-sucedidas que garantem chamadas de acompanhamento para todos os clientes / leads que abrem seus e-mails. Veja como eles gerenciam: com apenas três cliques.

 

Eles veem relatórios de campanhas de e-mail no CRM. (Clique 1)

Com um único clique, eles selecionam todos os contatos que abriram o e-mail. (Clique 2)

Depois, com outro clique, eles empurram todos os contatos para o discador. (Clique 3)

 

A partir daqui, eles deixam seus discadores para fazer o trabalho. Os discadores têm uma grande vantagem. Eles persistem automaticamente. Eles garantem que cada lead seja discado e conectado a um representante. (Quem é então livre para trabalhar seu charme na perspectiva)

Ideia de automação 3 : garantir que chamadas abandonadas e perdidas não se tornem ligações perdidas.

Capture as ligações recebidas 24/7. Você pode perder chamadas após o horário de trabalho, durante feriados ou quando as linhas estão ocupadas. Mas perder uma ligação não significa perder um lead. Aqui está o fluxo de trabalho fácil que você pode configurar para garantir que você nunca perca o acompanhamento de uma chamada perdida:

Seu sistema de telefonia pode comparar qualquer número que não seja atendido com dados do CRM.

Se a chamada for de um novo lead, você poderá configurar seu sistema para garantir que um novo ticket seja gerado automaticamente.

Um alerta sobre a chamada perdida pode ser enviado para a sua caixa de entrada. Se houver uma mensagem de voz, isso será anexado e enviado à sua caixa de entrada também.

Idéia de automação 4 : mantenha seu representante conectado.

Os representantes de vendas geralmente estão em movimento. Mas as equipes de vendas bem-sucedidas sempre permanecem conectadas. Seus celulares são configurados para acessar seu CRM, fazer e receber chamadas e receber alertas a qualquer momento.

Idéia de automação 5 : Enviar mensagens de voz, saudações e notificações para listas de contatos inteiras de uma só vez.

Você precisa lembrar os leads qualificados sobre uma data aproximada, uma data de vencimento ou uma renovação de assinatura? Você deve usar um IVR configurável para criar uma mensagem e criar um fluxo de trabalho que permita transmiti-lo para qualquer uma ou todas as listas de contatos do seu CRM com um único clique.

 

 Fonte: https://www.zoho.com/crm/blog/6-practical-ways-to-improve-sales.html

 

Veja melhores resultados com marketing de conversação

By Blog

Vender produtos e criar uma marca parece bastante simples, mas é muito mais fácil falar do que fazer no mercado atual. Com todas as ferramentas à sua disposição, pode ficar confuso rapidamente – mas há um recurso que permanece perene.

 

Conversas são importantes

Toda conversa é diferente. Como profissional de marketing ou profissional de vendas, tome cuidado para não despejar muita informação em suas interações. Encontre insights significativos e comunique-os de maneira eficaz. Dessa forma, os clientes e possíveis clientes entenderão a ideia, além de aproveitarem suas interações com você.

 

Encontre os canais corretos e as ferramentas de conversação para seus produtos

Ter ótimas habilidades de conversação só pode levá-lo até certo ponto. Os meios digitais oferecem vários caminhos para marketing de conversação ou venda, e é importante descobrir o que funciona melhor para você, para aumentar o alcance da sua marca.

Comunicando-se pela sua página da web

Um website é o endereço digital da sua empresa. Páginas da Web bem escritas podem fornecer impressões positivas positivas, mas e se os visitantes ainda tiverem perguntas a fazer? O bate-papo ao vivo é uma ótima maneira de conversar e ajuda a fortalecer os laços com os clientes e a converter efetivamente o tráfego do seu website em leads em potencial.

Comunicando-se com mídias sociais

Facebook e Twitter são excelentes maneiras de ganhar atenção para sua marca. E se você não puder fazer isso sozinho, aproveite os influenciadores para aumentar seu alcance.

Algumas marcas usam mensagens de mídia social como meio de enviar atualizações regulares sobre o que estão fazendo. As respostas que você recebe podem ser usadas para escolher as melhores ofertas para os clientes, o que seu público quer e como você pode melhorar sua experiência.

 

Comunicação via campanhas de email

O envio por e-mail é um dos mecanismos mais fáceis de atrair a atenção disponíveis para as empresas. Com quase  281 bilhões de e-mails enviados por dia em 2018 , ainda é o modo dominante de comunicação disponível para você e deve ser tratado de acordo.

Envie ofertas para que os clientes voltem sempre, e não se esqueça de que você pode usar o bate-papo ao vivo do seu site para coletar e-mails (com o consentimento expresso, é claro). 63% dos clientes disseram que eram mais propensos a retornar a um site que oferece bate-papo ao vivo, em oposição a um que não o faz – então, por que não aproveitar este simples canal de comunicação?

Desvantagens e como evitá-los

Com tudo isso dito, existem algumas desvantagens a serem discutidas.

Os chatbots podem facilmente soar robóticos, e isso afetará o quanto isso é útil para você. Apenas tome seu tempo e lembre-se de que as pessoas com quem você lida diariamente são humanos. Mesmo quando você estiver usando um bot como o primeiro ponto de contato para os visitantes, lembre-se de que isso se tornará uma conversa cara-a-cara em breve. Certifique-se de que seu bot tenha um pouco de personalidade – faça com que pareça mais humano.

Além disso, quando se trata de marketing de mídia social, ser um vendedor por ser uma pessoa pode colocá-lo em risco de ser ignorado ou sinalizado por spam. É melhor se misturar com as pessoas e entender a cultura antes de mergulhar no marketing.

Fazer um impacto na era digital de marketing e branding é uma grande demanda por muitas organizações. Todo profissional de marketing precisa de ótimas ferramentas para produzir os melhores resultados. Com isso dito, que tal experimentar um poderoso software de participação de clientes / prospects como o Zoho SalesIQ ?

 

Fonte: https://www.zoho.com/salesiq/blog/4-ways-achieve-success.html

Aquisição de clientes bem feita: 4 estratégias para atrair sua atenção e conquistá-las

By Blog, Marketing

A venda on-line está ficando mais difícil, com cada marca desenvolvendo seu próprio estilo de marketing. Adquirir os clientes e ao mesmo tempo tentar atrair a atenção de novos clientes em potencial é um processo longo. Então, como podemos fazer um plano de aquisição sustentável?

 

Isso inclui uma progressão constante, desde atrair leads até convertê-los em clientes pagos e tornar a experiência agradável para os usuários.

 

1) Definindo o objetivo certo.

Descubra que tipo de clientes você prefere. Eles são millennials ou CEOs corporativos? Você deseja ajudar o setor financeiro ou as startups de TI? Seu produto pode não se encaixar em todos os lugares, mas vai atender diferentes nichos.

 

Entre no ajuste do produto – teste as personas do cliente, descubra quais ajustes demográficos. Uma vez que um padrão tenha sido estabelecido, continue a repetir qual é a melhor direção para o seu produto e continue aprimorando sua UI / UX e seus recursos. Desta forma, você tem um plano de jogo já definido para o futuro, se algum processo acontecer de errado.

 

2) Trazendo-os com uma boa oferta.

O que é pior do que perder uma oferta limitada?

Seu produto não precisa ser livre. Mas, ocasionalmente, você pode enviar brindes para novos clientes em potencial e antigos. Ofertas limitadas criam um sentimento de urgência que atrai as pessoas.

Aumente a adoção do seu produto oferecendo uma avaliação gratuita. Desta forma, você convida mais clientes que estão dispostos a experimentar o seu produto. Você ganha muito com apenas uma medida simples!

 

3) Descobrir os pontos de fechamento corretos.

Caçar os canais apropriados para aquisição de clientes será difícil. Planeje o caminho em que você vai estabelecer suas ofertas e a que custo. Uma maneira testada pelo tempo e eficaz é a execução de anúncios promocionais nos motores de busca e nas redes sociais (Twitter, Facebook, etc.).

Amarrar as pontas soltas é uma parte interessante do processo de aquisição. Faça com que seus vendedores estabeleçam um bom relacionamento e mostrem claramente o valor de seu produto. Desta forma, os clientes em potencial indecisos acabarão pagando pelo que você oferece.

 

4) Mantenha-os satisfeitos.

Encantar seus clientes de longa data é a parte final de todo o processo de aquisição. Mantenha seus usuários envolvidos. Depois que eles começarem a usar seu produto, eles precisarão de recompensas ocasionais para enriquecer a experiência do dia-a-dia enquanto o usam.

Gamifying seu produto irá percorrer um longo caminho. Pequenos aspectos, como faixas diárias e tabelas de classificação, ajudarão a criar e manter o interesse do usuário por períodos mais longos.

Um sistema de crachá simples para rastrear as realizações do dia-a-dia de um cliente no aplicativo é uma maneira divertida de mantê-los envolvidos. Se você está procurando opções inclusivas para a equipe, considere ter um sistema de classificação que atenda a alguns dos seus principais recursos. Seu produto é destinado ao varejo eletrônico? Considere adicionar em um sistema de recompensa que incentive os clientes regulares. 

Você pode fazer isso e muito mais coisas para o seu processo de aquisição. Experimente o Zoho SalesIQ para ajudar a acompanhar seus clientes ao longo da jornada agora!

 

Fonte: https://www.zoho.com/salesiq/blog/customer-acquisition-done-right.html

Construindo uma estrutura de marketing digital para sua organização

By Blog, Marketing

 A palavra, tecnologia, evoca imediatamente muitas imagens – um vôo espacial, um primeiro transplante de coração ou até mesmo linhas de código aparentemente intermináveis ​​-, mas certamente não uma pedra de sílex que lascou o hard rock para fazer uma ponta de flecha para nossos ancestrais pré-históricos. Para aqueles na Idade da Pedra, porém, isso era literalmente tecnologia de ponta.

 

Com a ajuda da tecnologia, o século 21 inaugurou uma era que era uma mudança da era industrial existente. Uma era feita não de porcas e parafusos, mas de uns e zeros. Essa era revolucionária afetou todos os aspectos da sociedade, da cultura, da economia e, é claro, do marketing. Bem-vindo à era digital.

 

O marketing existe desde que os humanos queriam se envolver na troca de idéias e artigos , mas o que mudou desde o surgimento da era digital, e devemos levar a onda digital a sério? Estas são perguntas válidas.

 

Vamos abordar a segunda questão primeiro. No momento em que escrevo este post, a  eMarketer prevê que, em 2019, os anunciantes gastarão US $ 20 bilhões a mais em canais digitais globalmente do que os canais tradicionais, como o impresso e a TV. Este número só é previsto para aumentar junto com o número de usuários na internet.

 

Não se trata apenas de marketing diretamente para o consumidor. A lista de canais em crescimento da eMarketer coloca a Microsoft LinkedIn em quarto lugar. A era digital também está moldando a maneira como encaramos o marketing business-to-business também! Ignorar os canais de marketing digital significaria cortar uma enorme quantidade de futuros clientes.

 

O que mudou?

Voltando à primeira questão, para qualquer negócio – e isso inclui empresas especializadas como firmas de consultoria de tecnologia – o que mudou é que a principal plataforma de interação com um cliente ou lead potencial se tornou a internet. Isso significa que o endereço da Web de uma empresa, por padrão, se torna sua vitrine.

 

 Este artigo é uma abordagem qualitativa para ajudar as empresas a pensar sobre marketing digital agora e no futuro. Estamos cientes de que este artigo pode não ser totalmente relevante para os parceiros que já são adeptos do marketing digital, mas ofereceria um ponto de partida e uma maneira estrutural de pensar sobre marketing digital para aqueles que ainda não o fizeram.

 

 Também estamos cientes do outro lado do impulso para o digital – seria um milagre se um leitor casual não recebesse uma lista sobre “10 maneiras de abordar o marketing digital”. Mas é improvável que 10 maneiras sejam adequadas para o marketing digital. toda organização. Pode levar à homogeneidade em um mercado onde a ideia é se destacar.

 

Data é o novo melhor amigo do profissional de marketing

Ao contrário do marketing outbound tradicional, quase tudo na internet pode ser rastreado – visitas ao website (tráfego), sessões de usuários, taxas de rejeição, análise de palavras-chave, análise de conteúdo, engajamento nas mídias sociais e muito mais. O marketing digital está agora mais profundamente ligado ao crescimento de uma organização do que nunca.

 

A análise desses dados fornece um feedback imediato sobre o desempenho de uma campanha de marketing. Isso oferece espaço para experimentar novos formatos, pois cada um deles pode ser rastreado e analisado a partir de um nível micro, e o sucesso e o crescimento não são mais um conceito abstrato, mas são tangíveis. Os dados também atuam como eliminadores – se algo não funcionar, a correção do curso pode ser rápida e os gastos podem ser mais prudenciais.

 

Essa é a mudança fundamental que aconteceu no marketing – uma mudança em direção a dados, mensuração e responsabilidade. Uma mudança que agora faz os profissionais de marketing usarem os lados esquerdo e direito do cérebro igualmente.

 

Métricas – Pode ser avassalador no começo, mas a chave para nadar com sucesso em um mar de dados é saber o que é fundamental para o seu negócio e o que precisa ser medido.

 

Um bom lugar para começar seria o que John Doerr, o bem-sucedido capitalista de risco por trás da Amazon e do Google,  chama OKRs ou Objetivos e Principais Resultados. Isso significa obter uma única métrica, analisar suas implicações e definir metas. Então você está no seu caminho.

 

O conteúdo é o ímã constante do cliente 

Fizemos um pequeno estudo dos sites da cobiçada consultoria Big Four e descobrimos que a criação de conteúdo para uma empresa de consultoria não é um mero exercício. Em vez disso, é a base de como eles interagem com seus clientes atuais e futuros.

 

A melhor maneira de demonstrar expertise, que é a base para um consultor, é criar confiança através do conteúdo. Se você olhar para os sites da empresa de consultoria acima mencionados, seu conteúdo varia de forma – artigos longos, relatórios do setor, vídeos e depoimentos.

 

Aqui vemos uma mudança na forma como as organizações fazem marketing de conteúdo. Não se trata muito de capturar atenção – é mais sobre estabelecer confiança. Assim, o conteúdo criado deve ser útil.

 

O que não mudou? 

Canais podem ir e vir, mas o que nunca muda no foco do cliente no marketing . Com o cliente firmemente afixado no centro, podemos começar a propor uma estrutura de marketing digital simples.

Vamos chamar de PACTO, e esperamos que ele tenha um impacto positivo em todas as suas iniciativas de marketing digital, independentemente do canal.

 

Perfil ou conheça seu cliente

 

Analisar canais

 

Crie conteúdo

 

Acompanhe continuamente 

 

Perfil

Descobrir quem é seu cliente dependeria de vários fatores. As chances são de que pode não haver apenas uma persona do cliente para os serviços oferecidos pela sua empresa.

Usar a pesquisa para definir seu cliente por meio de atributos, interesses, histórico, percepção digital e metas é o primeiro passo ideal. Um perfil de cliente típico seria algo como isto.

Analisar

 Enquanto o acima é apenas uma persona inicial, uma persona de cliente mais detalhada teria dados mais ricos para analisar. Mas esses dados nos levam diretamente ao nosso próximo passo, que é descobrir qual canal digital serviria para esse cliente e qual conteúdo atrairia a persona.

 Para o Sr. Adams, poderia ser um longo artigo na Classic Car Magazine, respondendo a perguntas relacionadas em fóruns sobre carros ou até mesmo um anúncio contextual em um boletim informativo sobre automóveis.

 

 Criar

 Embora muitas pessoas possam começar a criar conteúdo imediatamente, nossa abordagem envolve evitar a criação de conteúdo até que estejamos cientes de nossos futuros clientes, seus atributos e como alcançá-los. Nesse estágio, também estamos contextualmente prontos porque conhecemos o cliente o suficiente para determinar o tom do conteúdo criado e dos canais para distribuir.

 

 Track

Criamos essa estrutura com base na diferença fundamental que acompanha o marketing digital: a capacidade de rastrear uma grande quantidade de dados, extrair análises significativas e dimensionar suas campanhas.

O framework PACT não é um modelo linear, mas um loop de reforço que pode ser dimensionado para qualquer um dos canais de marketing digital em voga. Embora seja universal, quando aplicado no contexto do negócio, é obrigado a fornecer resultados exclusivos.

Com uma estrutura em vigor, o marketing digital não é mais uma atividade que só “precisa ser feita” – agora é uma vantagem estratégica.

Sinta-se à vontade para nos contar seus pensamentos sobre este post ou sobre como você aborda o marketing digital em sua organização nos comentários abaixo

Fonte: https://www.zoho.com/partners/blog/building-a-digital-marketing-framework-for-your-organiz

10 sinais de que você está fazendo a liderança certa

By Blog, Processos de Negócios

O que faz para um grande líder? Esta pergunta foi feita muitas vezes, e provavelmente não há uma resposta definitiva para ela. A marca de um bom líder pode ser encontrada de muitas maneiras, e se você não tem certeza de que está fazendo a sua liderança corretamente, fique atento a esses dez sinais que informam se você está indo na direção certa:

 

  1. Você é acessível

 

Mais frequentemente do que não, o que as pessoas procuram em seu líder é que eles sejam acessíveis, alguém a quem podem pedir ajuda. Pergunte a si mesmo se você é essa pessoa para sua equipe. Uma das marcas de um verdadeiro líder é ser acessível. Seja seu ir para a pessoa para quando eles estão em apuros, e mais importante, ser  confiável .

 

  1. Você mantém um temperamento tranquilo

 

Uma das maiores fraquezas de um líder é o temperamento deles. Pergunte a si mesmo se você é o tipo de pessoa para manter a calma durante situações estressantes ou se você explodir sua cabeça no momento em que sentir o cheiro de problemas. Manter a compostura é uma das melhores características que um líder pode ter, e não é algo que você vê com frequência. Da próxima vez que sua equipe atrapalhar sua tarefa ou se você estiver sendo gritado por seus clientes, tente manter a calma porque, como diz o ditado, “serviço com um sorriso levará um longo caminho”.

  1. Você é bom com feedback

 

Todo mundo comete erros e o líder não é exceção. A coisa a ser notada é como o líder lida com seus erros sendo apontados e quão bem eles respondem à crítica construtiva. É fácil deixar que o seu ego tire o melhor de si e anote o feedback, mas se quiser ser um bom líder, mantenha sempre a mente aberta e receba críticas com uma perspectiva positiva.

 

  1. Você é sincero

 

Você provavelmente se viu em uma situação em que você tem que dar más notícias à sua equipe ou ser honesto quando alguém está vindo até você para sua opinião. Como você lida com essas situações? Como você fornece feedback sobre o desempenho de sua equipe? Ser direto é uma das maiores marcas de um bom líder. Seja seu colega ou até mesmo seu melhor amigo, você deve ser capaz de dar uma má notícia sem revestir com açúcar. Seja franco, mas não cruel.

 

  1. Você transmite positividade

 

Todo mundo precisa de informações positivas dos outros, e mais ainda no ambiente de trabalho, onde a pressão e o estresse de tudo isso são suficientes para tirá-lo de toda a sua energia. Pergunte a si mesmo se você é o tipo de pessoa que sempre procura  uma fresta de esperança mesmo em situações desafiadoras e se você é o tipo de pessoa que carrega a positividade e a espalha por toda parte. Um bom líder sabe como manter sua equipe motivada com a quantidade certa de energia. A Harvard Business Review e a Gallup PollsConcluíram de suas pesquisas que 50% da força de trabalho está desinteressada em vir para o trabalho, independentemente dos benefícios oferecidos, se sentirem que seu bem-estar emocional não é atendido. Um bom líder não tem apenas uma perspectiva positiva, mas também compartilha essa positividade com os membros de sua equipe. Afinal de contas, um local de trabalho positivo trará resultados positivos. 

 

  1. Você pode lidar bem com a responsabilidade

 

Responsabilidade e responsabilidade andam de mãos dadas quando você está tentando ser um bom líder, e uma das qualidades de um bom líder é saber quando dar um passo adiante e assumir a culpa. Saber colocar-se na frente de sua equipe, especialmente quando há uma situação ruim balançando seu caminho. Aprenda a ser responsável pelos erros de sua equipe e pelos seus. E o mais importante, saber quando avançar e assumir a responsabilidade que é esperada de você. Você não pode desistir enquanto sua equipe trabalha mais duro.

 

  1. Você é um bom ouvinte

 

Como mencionado anteriormente, uma das marcas de um bom líder é ter a mente aberta. Sobre o mesmo tema, um bom líder também deve ser um bom ouvinte. Ninguém quer um cachorro velho que não possa aprender novos truques. Um bom líder deve ser capaz de aceitar novas idéias e ouvir mudanças. 

 

  1. Você dá crédito quando é devido

 

Todo mundo gosta de dar um bom tapinha nas costas pelo trabalho que fizeram bem, e em uma equipe isso pode ser a maior força motriz para deixar seus membros empolgados em ir trabalhar. Para ser verdadeiramente apreciado como um bom líder, não se esqueça de dar crédito onde é devido – para apreciar e recompensar o trabalho duro.

 

  1. Você conhece sua equipe

 

Às vezes é fácil ser desconectado de sua equipe depois de ter sido entregue a uma posição de liderança, e isso pode afetar o desempenho de sua equipe porque, para mantê-los em seu melhor desempenho, você precisa saber como eles trabalham e jogam com eles. forças. Uma  pesquisa conduzida pela Deloitte mostrou que um ambiente de trabalho inclusivo aumenta o desempenho da equipe em 17% e a colaboração da equipe em 29%. Então, para ser um bom líder, você deve conhecer e entender sua equipe. Com ferramentas de comunicação instantânea como o  Zoho Cliq , você pode reunir sua equipe em uma única plataforma, eliminar barreiras de comunicação e construir uma cultura de trabalho inclusiva.

 

  1. Você é líder, não chefe

 

Há uma diferença considerável entre ser um chefe e ser um líder. É fácil identificar um chefe. Um chefe é alguém que ‘gerencia’ sua equipe, enquanto um líder é alguém que sabe como levar a equipe adiante enquanto gerencia o trabalho ao mesmo tempo. É fácil microgerenciar e ainda mais fácil de mandar em volta. Pergunte a si mesmo se você gerencia ou se você lidera. São as pequenas coisas que fazem a diferença.

 

Então, você tem isso, 10 sinais para saber se você está fazendo sua liderança direita. É difícil restringir as amplas habilidades e desafios da liderança a apenas 10 pontos, mas se você concordar com a maioria dos pontos mencionados, parabéns! Você está no caminho certo. 

 

Fonte: https://www.zoho.com/cliq/blog/10-signs-youre-doing-leadership-right.html

Close Menu